Sumé sai na frente com Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional

O Município de Sumé conclui com êxito mais uma etapa da Política de Segurança Alimentar e Nutricional. Após a adesão ao Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional (SISAN), os municípios brasileiros obtiveram um prazo estabelecido de um ano para a elaboração dos Planos Municipais. Na Paraíba, Sumé classificou-se como o primeiro ente municipal à efetivamente consolidar a política de Segurança Alimentar, por meio da elaboração do plano, superando até mesmo o próprio Estado da Paraíba.

De acordo com a secretária de Assistência Social, Brígida Xavier, a elaboração do plano municipal contou com a participação da sociedade civil através da 1ª Conferência de Segurança Alimentar e Nutricional, realizada em junho deste ano no município. Para a secretária, “a elaboração do plano foi mais uma etapa vencida para a construção da política de Segurança Alimentar com vistas à proporcionar de maneira concreta o acesso regular e permanente à alimentação de qualidade na mesa dos cidadãos de Sumé, fortalecer a participação social e garantir o direito humano à alimentação adequada”, disse.

De acordo com o secretário-executivo do Conselho Municipal, Williams Martinho, a formulação do Plano de Segurança Alimentar possibilitou ao município reconhecer a realidade local a partir dos indicadores utilizados na elaboração do plano e priorizar, além da Política de Segurança Alimentar e Nutricional, as demandas mais necessárias para a administração.

O Plano de Segurança Alimentar e Nutricional de Sumé está disponível no boletim oficial de 20 de novembro de 2015.

Você pode gostar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *