Na noite desta terça-feira(14) uma idosa foi encontrada morta em estado de decomposição em sua residência no centro de São João do Cariri.

A vítima identificada por Francinete Alves da Silva, de 71 anos de idade, foi encontrada por populares em sua casa, que fica localizada na Rua João Pereira de Morais, vizinho a base da Samu, no centro da cidade.

A idosa morava sozinha na residência e quando populares notaram que a porta estava fechada já alguns dias, adentraram na residência e a encontraram morta, já com sinais visíveis de decomposição.

As forças policiais foram acionadas e as causas da morte serão investigadas pelo IML que removeu o corpo para realização da perícia médica.

Com De Olho no Cariri

O ministro Edson Fachin – famoso pelo rigor no Supremo Tribunal Federal – confirmou entendimento do ministro Dias Toffoli, que revogou, em julho de 2019, a prisão do empresário Roberto Santiago decretada na operação Xeque-Mate

Fachin referendou Toffoli ao considerar que, embora as suspeitas contra o empresário poderiam até ser graves, não eram suficientes para motivar uma prisão preventiva, último recurso em casos sob investigação.

Já são dois ministros do Supremo Tribunal Federal que consideraram ilegal a prisão determinada pelo  uiz da Xeque-Mate, Henrique Jorge Jácome de Figueiredo.

Na decisão, Fachin disse sentencia: “efetivamente, no caso concreto, a apontada ilegalidade pode ser aferida de pronto”. O ministro fez referência à decisão de Toffoli.

“Conforme asseverado na decisão monocrática emanada pelo Min Dias Toffoli, conquanto se reconheça a gravidade dos crimes imputados ao ora paciente, tal não basta para a decretação da custódia cautelar, entendida como ultima ratio”.

Suspeitas contra empresário

Roberto Santiago foi acusado de integrar um suposto esquema de pagamento de propina ao ex-prefeito de Cabedelo, Luceninha, para que ele renunciasse em favor do vice, Leto Viana.

Com a posse, o novo chefe do Executivo usaria a administração pública para interesses do empresário. Santiago foi preso baseado em suspeitas de obstrução à Justiça, “mas nunca sequer foi denunciado por estes supostos crimes”, assegura a defesa.

A Prefeitura de Ouro Velho anunciou nesta quarta-feira (15) a antecipação do pagamento dos servidores referente ao mês de setembro. O prefeito Dr. Augusto Valadares, vem mantendo a política de valorização dos servidores imposta ainda na gestão da ex-prefeita Natália de Dr. Júnior.

O pagamento do salário já está creditado na conta na última terça-feira (14).

“A política de valorização de nossos servidores está sendo mantida, e é compromisso firmado ainda na gestão da ex-prefeita Natália de Dr. Júnior. Assim que nós assumimos essa postura, fazemos com que movimente a economia local,” afirmou o prefeito.

Projeto Algodão Orgânico Ater Paraíba está dando novo impulso à retomada da cultura no Estado, desta vez sob regime de irrigação. Na semana passada, foi implantado em São Domingos do Cariri, no Cariri paraibano, o primeiro projeto orgânico irrigado na agricultura familiar, utilizando as águas da transposição do Rio São Francisco.

Promovidas pelo Governo do Estado, por meio da Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer), vinculada à Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), as ações para a implantação deste projeto iniciaram no mês de julho, e contaram com parcerias de prefeituras municipais. A Prefeitura de São Domingos do Cariri foi a primeira aderir à iniciativa.

Segundo o gerente regional da Empaer de Campina Grande, Francisco Ailton dos Santos, o campo irrigado mede 10 hectares de algodão plantado com a variedade BRS- 286, e toda a produção de sementes será destinada ao plantio do algodoeiro para a safra agrícola de 2022. Ele adiantou que a primeira colheita deverá acontecer dentro de 120 dias, com uma estimativa de produção de aproximadamente 2 mil quilos por hectare.

Ailton Santos avalia o projeto como uma iniciativa inovadora, especialmente neste ano devido à frustração de safra em decorrência do período de estiagem. Disse que não houve perspectiva de produção do algodão de sequeiro com a frustração de plantio, na agricultura, que afetou também a pecuária regional. “De maneira geral, nos 22 municípios que compõem a nossa região, infelizmente não houve plantio de algodoeiro. Estamos agora, iniciando esse plantio em São Domingos do Cariri, de forma irrigada e esperamos obter uma semente de boa qualidade”, observou.

Maysa Gadelha, uma das principais articuladoras do projeto, junto com a Secretaria de Agricultura de São Domingos do Cariri e as sete famílias agricultoras participantes, disse estar otimista com a iniciativa. Segundo ela, há perspectiva de expansão para outras localidades, a partir da utilização das águas do Rio São Francisco. “Existe pouca agricultura familiar irrigada na Paraíba. Agora, depois da transposição do Rio São Francisco e a certeza de podermos utilizar essa água para irrigação, a gente pode abrir espaço para a nova modalidade de produção, que seria o cultivo do algodão orgânico da agricultura familiar em áreas irrigadas”, disse, acrescentando que a Norfil, uma das empresas compradoras do algodão orgânico no Estado, “tem grande interesse no plantio do algodoeiro orgânico irrigado”.

Para Maysa, a produção de uma semente de excelente qualidade está garantida, já que o novo projeto conta com acompanhamento técnico continuado da Empaer, executora do Projeto Algodão Orgânico Ater Paraíba. “Esperamos que em 2022, além de não sofrermos com a seca que ameaça os algodoeiros, tenhamos uma semente de ótima qualidade”.

Oficina – Até o final deste mês, a Empaer realizará uma oficina sobre preparo de biofertilizantes e defensivos naturais para ensinar aos agricultores integrantes do projeto a produzirem seus próprios produtos. O objetivo, segundo o extensionista Geneilson Evangelista, responsável pela condução desta ação, desde o preparo do solo à comercialização, é socializar as técnicas de preparo de defensivos e adubos naturais, visando com isso uma produção dentro dos padrões para certificação orgânica.

Ele adiantou que, após a oficina, “os agricultores poderão produzir e combater as pragas e doenças que possam vir ocorrer nas lavouras de algodão, de forma mais econômica e dentro das normas técnicas exigidas para certificação orgânica”.

Nesta fase, integram o projeto os seguintes produtores: Lucio Fabio, Sítio Malhada das Aroeiras; Pedro Filho, Sítio Porteiras; Eduardo Roberto, Sítio Malhada do Meio; Jorge Gomes, Sítio Malhada do Meio; José Pereira Sobrinho, Sítio Malhada do Meio; Ivan Pereira, Sítio Barro Vermelho e Marcelo Augusto Gonçalves, Sítio Melo.

 

Nota Informativa

Atualizada em 14-09-2021

A Secretaria Municipal de Saúde de Monteiro informa que nesta Terça-feira feira 14, não tivemos nenhum novo caso CONFIRMADO para COVID-19.

No Hospital Regional Santa Filomena, estão internos no dia de hoje:

00 pacientes na enfermaria para COVID 19

02 pacientes na UTI

Atestamos que nesta data foi registrado 02 (dois) novos caso recuperados, totalizando 4772, casos recuperados da COVID-19.

Reforçamos a importância de toda população seguir as orientações do distanciamento social, o uso de máscaras, a higienização das mãos com álcool 70% e demais medidas apresentadas pela Secretaria de Saúde.

O prefeito de São José dos Cordeiros, Felício Queiroz, assinou nesta terça-feira(14), a ordem de serviço para a modernização do Ginásio de Esportes do município.

Com recursos conquistados junto ao deputado Wellington Roberto pelo ex-prefeito Jefferson Roberto, a nova gestão irá investir cerca de R$ 221 mil em melhorias na complementação do fechamento do ginásio, construção de banheiros, vestiário e palco, que deixará a praça esportiva preparada para a realização de eventos esportivos e culturais.

“Esta obra é um grande desejo e anseio dos desportistas e da população cordeirense. Sem dúvidas, iremos ter um espaço propício e aconchegante para a prática esportiva e a realização de eventos. O trabalho não para e vamos continuar em busca de novas ações e benefícios para nossa terra e nossa gente!”, afirmou Felício Queiroz.

O preço médio da gasolina subiu pela 6ª semana nos postos do país, de acordo com levantamento realizado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O preço médio da gasolina na semana encerrada no dia 11 de setembro subiu para R$ 6,059 por litro, contra R$ 6,007 por litro na semana anterior, o que representa uma alta de 0,86%.

A agência também apurou que o valor médio do litro do diesel aumentou de R$ 4,627 para R$ 4,695 na semana.

Já o preço do litro do etanol subiu de R$ 4,611 para 4,653 na semana.

Impacto na inflação

Em 2021, o combustível se transformou num dos vilões da inflação, responsável por afetar duramente o orçamento das famílias brasileiras – já prejudicadas pela alta dos alimentos e da energia elétrica. Segundo o IBGE, a gasolina acumula no ano uma alta de 31,09%.

Os preços de venda dos combustíveis seguem o valor do petróleo no mercado internacional e a variação cambial. Dessa forma, uma cotação mais elevada da commodity e/ou uma desvalorização do real têm potencial para contribuir com uma alta de preços no Brasil, por exemplo.

Os preços cobrados nas bombas viraram motivo de embate entre o presidente e os governadores. O presidente Jair Bolsonaro tem cobrado publicamente que os estados reduzam o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para que, dessa forma, os preços da gasolina e do diesel recuem.

Mas o que os analistas dizem que é o real desvalorizado tem contribuído para o aumento do preço dos combustíveis. E o que dá força para esse movimento de perda de valor da moeda brasileira são as várias incertezas dos investidores com relação ao rumo da política econômica do governo Bolsonaro.

A Secretaria de Desenvolvimento Social da Prefeitura de Monteiro está intensificando a campanha pela emissão da ID Jovem, informando as pessoas que têm de 15 a 29 anos sobre a necessidade e importância desse documento.

 A secretária Rosa Aleixo destaca os principais benefícios do ID Jovem, que garante meia entrada no cinema, shows de teatro e eventos esportivos, duas vagas gratuitas em viagens interestaduais, isenção das taxas de emissão de carteira de identificação estudantil e duas vagas com 50 % de desconto em viagens interestaduais.

Para ter o benefício do ID Jovem, é necessário ter uma renda familiar de até dois salários mínimos, ter o NIS – Número de Identificação Social e o Cadastro Único atualizado. Se não tiver o NIS, o jovem deve procurar a Secretaria de Desenvolvimento Social, levando os documentos de identificação para atualizar o cadastro.

Por orientação da Prefeita Anna Lorena e da secretária Rosa Aleixo, a Secretaria de Desenvolvimento, através da equipe do Bolsa Família, está atuando na geração do ID Jovem nos horários de 08 às 13h e das 14 às 17 horas, ao lado do Centro Gastronômico no Alto de São Vicente.

O espetáculo em homenagem a Festa de Nossa Senhora das Dores, surgiu de uma necessidade das pessoas que fazem teatro na cidade se movimentar, pois desde o início da pandemia esta classe também foi afetada, ficando impossibilitada de apresentar sua arte na cidade.

Rodrigo Leal, diretor do espetáculo, disse: “Em conversa com a Secretária de Cultura e Turismo, Cristiane Leal e o diácono da cidade, Pe. Isaías, foi cogitado a possibilidade de uma apresentação teatral nas festividades, e foi aí que em pesquisas encontramos o texto: Pietá – As sete dores de Maria, de Jorge Carneiro e Nanci Alves que vem abrilhantar as festividades religiosas da cidade encerrando a Festa da Padroeira da cidade de Monteiro”, comentou.

O espetáculo conta com a direção de Rodrigo Leal e elenco composto por 26 atores locais, jovens e adultos que anualmente participam do espetáculo Paixão de Cristo.

O espetáculo
A Cia. Violarte apresenta um espetáculo inédito com a narração de Nossa Senhora das Dores sobre suas sete dores, vida e emoção na tentativa de fuga para salvar o menino Jesus das garras do temido Rei Herodes.

O espetáculo conta com aproximadamente uma hora de apresentação e pretende emocionar a sociedade monteirense com a história de vida, dor e emoção narrada pela Virgem Maria.

Onde e quando
A apresentação do espetáculo acontece nesta terça-feira, 14 de setembro, às 21h, em frente a Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores, logo após a oração da novena.

Onde Assistir online
Pietá será transmitido ao vivo através do Facebook e Youtube no canal da TV AgoraPB.

O prefeito de Ouro Velho, Augusto Valadares, acompanhou na manhã desta terça-feira (14) a realização de um mutirão de exames de mamografias.

O mutirão deu início a partir das 08 horas da manhã, no Clube Municipal, e está sendo acompanhado pela secretária de Saúde, Liudmila Nunes.

Augusto afirmou que a meta é zerar a fila de espera dos exames de mamografias: “Nossa meta é zerar a fila de espera dos exames de mamografia das mulheres dentro da faixa etária. Não iremos mais esperar o SUS, essa ação está sendo realizada com recursos oriundos do tesouro municipal,” afirmou o gestor.

Uma decisão do juiz Fernando Américo de Figueiredo Porto, da 11ª vara da Justiça Federal, determinou a indisponibilidade de R$ 297 mil em bens do prefeito da cidade de Princesa Isabel, Ricardo Pereira do Nascimento; da secretária de saúde do município, Francisca de Lucena Henriques; da empresa Everton Barbosa Falcão e do empresário Everton Barbosa Falcão.

Eles são alvos de uma ação de improbidade administrativa, que apura a possível prática de sobrepreço na compra de testes rápidos e de máscaras, por parte da prefeitura de Princesa Isabel, para o enfrentamento à pandemia.

De acordo  com a ação, o município comprou 5 mil testes rápidos e 40 mil máscaras descartáveis à empresa, no valor de R$ 420 mil. E um levantamento feito pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) teria constatado indícios de sobrepreço no valor de R$ 268,5 mil nas aquisições.

“Assim, de uma análise perfunctória dos elementos probatórios acostados, própria dessa fase processual, é possível verificar que, em tese, o Município de Princesa Isabel/PB adquiriu os materiais individualizados no contrato administrativo nº 00153/2020 (id. nº 4058203.8580101, fls. 11/14) em valor bem superior ao devido”, destaca a decisão.

“Não bastasse isso, o TCU apontou que supostamente a empresa contratada não forneceu os materiais adquiridos em sua integralidade, de maneira a potencializar o dano ao erário causado. Isso porque há uma evidente descompasso entre a aquisição dos produtos, aferida a partir de notas fiscais de entrada e saída do estoque da empresa Everton Barbosa Falcão, e a venda aos entes públicos que com ela firmaram avença”, ressalta o juiz.

Outro lado

Ao blog, o prefeito Ricardo Pereira disse estar tranquilo com relação às investigações. Ele afirmou que as compras feitas pelo município estão dentro dos padrões de mercado e que a prefeitura irá esclarecer todos os questionamentos feitos pelo MPF na ação.

O advogado do prefeito, Maviael Fernandes, afirmou o juiz foi “induzido a erro” e que a própria auditoria do TCE já reconheceu a regularidade das licitações e contratos feitos pelo município.

“Ao final o TCE constatou que o valor pago pela prefeitura estava abaixo do mercado”, disse Maviael.

O blog ainda não conseguiu contato com o empresário Everton Barbosa Falcão, nem com a empresa de mesmo nome – citados pelo MPF. O espaço, claro, estará sempre aberto a esclarecimentos.

Jornal da Paraíba

As novas atrações da Rota Cariri Cultural em Monteiro foram apresentadas na última sexta-feira pela prefeita Anna Lorena aos prefeitos e comitivas de cidades da região.

A Rota Cariri Cultural foi criada em 2020 por empreendedores da região, a partir de uma capacitação realizada pelo Sebrae Paraíba. A rota reúne atrativos turísticos de Monteiro, Prata, Congo, São João do Tigre, Camalaú, São Sebastião do Umbuzeiro, Caraúbas, Coxixola e Sumé.

Convidados pela prefeita Anna Lorena, todos os participantes encantaram-se com as belezas naturais em um dia de muita descoberta, conhecimento e confraternização. O Prefeito de Prata, Genivaldo Tembório, esteve acompanhado de auxiliares da gestão, e visitou o Santuário de Nossa Senhora de Fátima, a Laje da Gameleira e a Laje das Moças, acompanhando a comitiva.

Genivaldo Tembório destacou que a região do Cariri têm todo um potencial na agricultura, pecuária, indústria e comércio, podendo integrar tudo isso através do turismo. “São municípios que ainda tem muitas coisas para serem exploradas turisticamente, então estão aproveitando seus potenciais naturais, nossas serras, formações rochosas, a gastronomia, o patrimônio histórico e as manifestações culturais”, disse o prefeito.

Já o prefeito Márcio Leite de São João do Tigre, acompanhado do ex-prefeito Célio Barbosa, do vice-prefeito Beto Zuza, do presidente da Câmara, Arnóbio Pereira, dos vereadores Marcos Ibiapino e Gil e dos Secretários Lucélio de Marchi e Sandra Freitas, também marcaram presença. O Prefeito Márcio Leite afirmou que sempre que possível busca prestigiar e visitar os colegas prefeitos e seus municípios, mantendo sempre uma boa relação e convivência, além de troca de experiências das gestões, sempre buscando o fortalecimento dos municípios caririzeiros.

O Prefeito de São Sebastião do Umbuzeiro e presidente da AMCAP, Adriano Wolff, esteve ao lado de membros do grupo de condutores de turismo de São Sebastião do Umbuzeiro. Para Adriano, o objetivo da ROTA CARIRI CULTURAL é apresentar ao público os atrativos turísticos do Cariri paraibano, movimentando e gerando novas oportunidades de negócio para toda a cadeia produtiva do segmento na região.

Ao lado da prefeita Anna Lorena, a secretária de Cultura, Christianne Leal, agradeceu a todos que prestigiaram esse momento e completou: “Cada itinerário da rota foi criado para oferecer as paisagens mais bonitas a quem não conhece, sejam monteirenses ou não. Monteiro é tão rica e queremos compartilhar, e desta forma, consequentemente todo mundo ganha, nossa economia se fortalece e quem visita ganha essa experiência incrível”.

Em suma, estiveram presentes, prefeitos, secretários e representantes dos municípios de São João do Tigre, Campina Grande, Sumé, Camalaú, Caraúbas, Prata, Taperoá e Serra Branca.

As novas opções de roteiros para essas cidades foram elaboradas pelos participantes da segunda edição do curso voltado para condutores de turismo, que o Sebrae Paraíba realizou na região.

As Secretarias de Saúde dos municípios de Monteiro, São do Tigre e Serra Branca, de forma conjunta, vem esclarecer que houve um equívoco por parte da Secretaria de Estado da Saúde ao divulgar a existência de casos da variante Delta nestes municípios.

Na realidade as informações repassadas pelo LACEN-PB (Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba) afirmam que as amostras analisadas são sugestivas para a variante Delta, porém, foram encaminhadas para a Fiocruz e só poderão ter confirmação após análise laboratorial.

É importante ressaltar que os pacientes se encontram em isolamento domiciliar e com acompanhamento das equipes de saúde dos seus municípios e todas as medidas preventivas estão sendo adotadas.

As medidas de precauções contra o Covid-19 e a variante Delta devem ser reforçadas, evitando aglomerações, o uso permanente de máscaras, a higienização das mãos com álcool 70% e sabão.

As Secretarias dos referidos municípios mantêm o compromisso de manter a população informada sobre os casos, assim como tem realizado diariamente.

O município de Prata, foi contemplado nesta segunda-feira (13), em Portaria do Governo Federal, para aderir ao Projeto Digitaliza Brasil e receber a instalação dos equipamentos de transmissão para digitalização das estações de TV analógicas, em operação no município.

Após a finalização dos tramites burocráticos e de ajustes, a torre de transmissão será instalada no CEMAI (antigo clube municipal), e serão distribuídos kits de conversão do sinal analógico para o digital, para as famílias de baixa renda.

A TV Digital é um serviço aberto e gratuito, que proporciona qualidade de som e imagem muito superior à da TV analógica, além de permitir a recepção em dispositivos móveis, como celulares, e a interatividade, inclusive por meio da integração com conteúdo de internet.

São distribuídas nesta terça-feira (14) mais 52.062 doses da vacina contra a Covid-19 produzidos pela Pfizer/Comirnaty, todas para aplicação da primeira dose (D1), pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Os imunizantes são destinados aos municípios paraibanos que ainda estão realizando a abertura do esquema vacinal na população com idade a partir de 18 anos.

De acordo com o secretário de Saúde, Geraldo Medeiros, a distribuição não será igual ao total de doses recebidas, em virtude da insuficiência de diluente.

“A Paraíba recebeu 104.130 doses da Pfizer nesta segunda (13), mas o diluente disponível é suficiente para pouco mais de 52 mil doses. De maneira absolutamente excepcional, manteremos essas doses na rede de frio estadual aguardando a normalização do fornecimento do diluente por parte do Ministério da Saúde (MS)”, explicou. O secretário afirma que a distribuição das doses remanescentes será realizada imediatamente após a chegada do produto que está em escassez.

Com essa remessa, a Paraíba contabiliza um total de 4.731.680 doses recebidas e 3.756.940 aplicadas no estado, onde mais de 2,5 milhões de pessoas já receberam a primeira dose ou imunizante de dose única. Mesmo com o avanço da vacinação, a SES reforça a importância das medidas de prevenção já conhecidas pela população, como uso de máscara, distanciamento seguro e manutenção da higiene com lavagem de mãos e uso de álcool 70%.

Mais Lidas do dia