Governador diz que renunciará a aumento do próprio salário

O governador da Paraíba Ricardo Coutinho disse que irá renunciar ao aumento do próprio salário e suspender reajustes dos vencimentos da vice-governadora, Lígia Feliciano, dos secretários e auxiliares de governo. O aumento foi aprovado pela Assembleia Legislativa da Paraíba na última sessão ordinária de 2014.

O governador decidiu não sancionar a matéria. Mas também não vetou. Com isso, o projeto deve ser promulgado pela ALPB nesta terça-feira (20). Ricardo teria um aumento de 26,33%, passando a receber R$ 29.600. Hoje, Coutinho recebe R$ 23.500.

“Tudo isso faz parte de um conjunto de medidas que estamos tomando e ainda vamos tomar para garantir ao máximo atingir as metas de fazer mais com menos”, relatou Ricardo Coutinho.

O governador anunciou também a diminuição de 60% no teto das diárias dos servidores, que antes era de dez diárias por mês e hoje passa a ser de quatro diárias a cada 30 dias.

Desde o final de 2014, o governador Ricardo Coutinho vem anunciando medidas fiscais para reduzir os gastos públicos no Estado. A primeira medida foi a reestruturação das secretarias, redução dos cargos comissionados e corte nos gastos com custeios; a segunda foi a suspensão das despesas relativas ao patrocínio de festividades e eventos para os próximos 60 dias. Na próxima semana, outras medidas para contenção de gastos públicos serão anunciadas pelo governador.

Você pode gostar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *