Dois monteirenses são agraciados com título de cidadania em Sumé

Em sessão solene ocorrida na última sexta feira (28) a Câmara Municipal de Sumé homenageou os monteirenses Arisleda Batista Berto e Temístocles Maciel Ayres Júnior com o título de cidadão sumeense.

O primeiro a receber a homenagem foi Arisleda Batista Berto que recebeu o título de “Cidadã Sumeense” através de Decreto Legislativo de autoria do ex- vereador Pepê Paulino, que foi apresentado no ano de 2007. Aristela passou a residir na cidade de Sumé desde os tempos em que seu pai Assis Berto abriu em Sumé as Lojas Esperança, iniciando sua atividade como professora e lutando sempre pela melhoria da educação sumeense, inclusive fundando o IEIC – Instituto Educacional Imaculada Conceição e a Escola João Paulo II.

Já o empresário Temístocels Maciel Ayres Júnior, conhecido como Temizinho, casou com uma sumeense e abriu duas farmácias em Sumé onde gera inúmeros empregos diretos e indiretos. O título de “Cidadão Sumeense” entregue ao empresário Temizinho foi uma propositura do vereador Zé Antônio dos Correios.

OUTRAS HOMENAGENS

Na mesma sessão o Senhor Sebastião Soares de Matos, mais conhecido por Sebastião do Rojão, também recebeu o titulo de “Cidadão Sumeense”. Ele reside em Sumé há mais de 50 anos, cantando e encantando a todos com sua música. Sebastião do Rojão fundou a banda Sayonara e a bandinha do Calçadão. A propositura do título de Sebastião do Rojão foi do presidente da casa Deocleciano Barbosa (PMDB).

A música também teve seu espaço no plenário da Casa, quando os filhos de Sebastião do Rojão entoaram uma linda canção em homenagem ao pai Sebastião do Rojão.

No final da sessão, o presidente da Casa, o vereador Deocleciano Barbosa agradeceu a presença de todos e reafirmou o seu compromisso de ter a oportunidade de está no Legislativo e poder reconhecer a importância dos que fazem muito por Sumé.

Você pode gostar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *