Acusado de agredir membros da Situação de Ouro Velho, ‘Tomás da Sainha’ vai responder ação criminal

Após circular nas redes sociais áudios de um homem conhecido como ‘Tomás de Sainha’, que posteriormente foi identificado como José Tomás Édson, agredindo com palavras de baixo calão integrantes do grupo de situação do município de Ouro Velho, uma queixa crime foi acionada contra ele.

De acordo com informações colhidas pelo Cariri Ligado, Tomás teria agredido o médico Dr. Júnior e o candidato a prefeito da cidade, Augusto Valadares. Nos áudios, palavras como “cachorros, crápulas e cabras nojentos” são escancaradamente veiculadas nas redes sociais.

Nos áudios, o próprio Tomás autoriza para a pessoa que enviou, a espalhar os áudios nas redes sociais, como se não temesse as consequências da lei. Mas, para a surpresa dele, a assessoria jurídica do médico Dr. Júnior buscou imediatamente os meios legais para sanar a violação do direito.

Ao ser indagado, o médico Dr. Júnior preferiu comentar apenas: “fazemos uma campanha limpa, sem uma única agressão física, verbal ou por escrito, e com propostas para que a nossa querida Ouro Velho continue crescendo”, pontuou.

Você pode gostar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *