Neste dia em que João Pessoa comemora mais um aniversário de fundação, nada mais apropriado do que falar das melhorias recentes que a capital paraibana recebeu por parte da gestão pública estadual. Ao longo da administração estadual do governo João Azevêdo, iniciada em janeiro de 2019, foram destinados recursos da ordem de R$ 1,7 bilhão para a cidade, englobando projetos concluídos, em andamento ou prestes a serem iniciados. Os recursos, distribuídos em diversas áreas, trazem mais qualidade de vida aos pessoenses.

Conforme informações da Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag), foram destinados R$ 80,2 milhões para a mobilidade urbana; R$ 50,4 milhões para a educação; e R$ 1,1 bilhão para a saúde e desenvolvimento humano dos pessoenses, bem como para combater o novo coronavírus. Já R$ 163 milhões foram reservados para 1.836 novas moradias; R$ 204 milhões para a segurança hídrica; R$ 95,3 milhões para a segurança pública e o Detran; e R$ 18,1 milhões voltados à área cultural da cidade.

Neste momento de desafios para a economia, o Governo do Estado viu na força do empreendedorismo uma opção de trabalho e renda e ofereceu R$ 7,8 milhões em crédito para 983 empreendedores individuais, por meio do Programa Empreender.

Somente no segmento da educação foram nove escolas reformadas (R$ 22,2 milhões), oito ginásios do Programa Bom de Bola construídos (R$ 5,1 milhões), 172.341 cestas básicas distribuídas para os alunos da rede estadual (R$ 10,2 milhões). Vale lembrar da construção da nova Escola de Ensino Médio Integral da Polícia Militar da Paraíba, em Mangabeira, e da Escola Estadual de Educação Especial (R$ 10,4 milhões).

Na mobilidade urbana, trechos que eram verdadeiros gargalos para os motoristas e pedestres foram concluídos, a exemplo das novas ligações Mangabeira/Valentina/Perimetral Sul (R$ 6,2 milhões), Jardim Cidade Universitária/Bancários/Portal do Sol (R$ 4,7 milhões) e a ligação Geisel/Colinas do Sul (R$ 3,6 milhões).

Quem passa por uma das novas vias sente a transformação no acesso a alguns bairros. O ajudante de pedreiro Maurílio Pereira da Silva, 47 anos, trabalha nas proximidades da ligação Jardim Cidade Universitária/Bancários/Portal do Sol e disse que, antes da obra ser realizada, existia um pequeno caminho de terra. “Só passava pedestre, carro de jeito nenhum, era rodeado de mato e à noite era muito escuro”. O colega, Elinaldo Gomes de Andrade, 39 anos, que também trabalha com obras na localidade e mora no Jardim Cidade Universitária, declarou que era difícil o acesso a outros bairros. “Lembro que, quando tinha o caminho de terra, as mulheres passavam para lavar roupa lá embaixo no rio, no meio do mato. A gente não tinha acesso a lugar nenhum. Agora ficou bem mais fácil e rápido chegar às praias, como a Penha e Jacumã. Nem se compara com o que era antes”.

Os benefícios também se destacam na área da moradia. Das 1.836 novas moradias projetadas, 1.552 já foram construídas, sendo 256 apartamentos no Residencial Alvorada do Sul, no Colinas do Sul; 128 apartamentos no Residencial Parque do Sul, no Colinas do Sul; 208 apartamentos no Residencial Pedra do Reino, em Mangabeira VII e 960 apartamentos nos Residenciais Canaã I e II, em Gramame. Mais 284 unidades estão em fase de construção no Cidade Verde e em Mangabeira VII.

A segurança pública e proteção dos moradores da capital paraibana não deixaram de estar entre as prioridades da gestão estadual. Os investimentos foram voltados para a aquisição de 432 novas viaturas policiais; 110 novas viaturas para o Corpo de Bombeiros; e para a compra de equipamentos e materiais bélicos e de resgate. Vale lembrar da construção do Complexo Administrativo Ambiental, em Mangabeira (R$ 2,2 milhões), da reforma do Instituto de Polícia Científica (IPC), no Bairro do Cristo Redentor, do projeto para construção do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), do Distrito Integrado de Segurança Pública de João Pessoa e da construção da 3ª Delegacia Distrital, em Tambauzinho.

Somente de janeiro a julho deste ano, o Governo da Paraíba já entregou 13 obras à cidade de João Pessoa, totalizando cerca de R$ 15 milhões de investimentos, sem contar com os recursos para a compra de equipamento e material humano. São serviços de iluminação, melhorias em escolas, presídios, órgãos públicos de várias áreas, entre outras ações. Além disso, ainda estão em execução 20 trabalhos envolvendo construção, ampliação e reforma de equipamentos, sendo quase R$ 20 milhões em recursos disponibilizados, somando um total aproximado de R$ 35 milhões,conforme dados da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento da Paraíba (Suplan).

Segundo a diretora-superintendente do órgão, Simone Guimarães, mesmo com a pandemia, o governo não parou a execução dos projetos na capital, nem no Estado. “Em nenhum momento nós paramos. As atividades da construção civil da Suplan estão funcionando, estão totalmente normais, e isso é muito bom porque gera emprego e renda para a população. Você emprega pedreiro, carpinteiro, mestre de obra, engenheiro, quer dizer, todo um setor é movimentado, repercutindo também no comércio”, destacou.

O município de Monteiro foi agraciado nesta quarta-feira, 4, com a doação de 05 (cinco) capacetes ELMO para terapia em pacientes com síndrome respiratória.

A entrega foi feita na manhã desta quarta-feira pelo presidente da FIEP (Federação das Indústrias da Paraíba), Francisco de Assis Benevides Gadelha à secretária de Saúde do município de Monteiro, Ana Paula Barbosa Oliveira Morato.

Os equipamentos distribuídos pela FIEP foram adquiridos através do Departamento Regional do SESI. “A Federação das Indústrias desde o princípio da pandemia entendeu que essa seria uma situação relativamente prolongada e que precisava da nossa contribuição. Sendo assim, com o apoio do Departamento Regional do SESI, estamos adquirindo esses equipamentos para distribuir com algumas cidades para que o poder público possa mitigar essa necessidade de intubar os pacientes, o ELMO é um equipamento fantástico que reduz em cerca de 60% dos casos de Covid, a necessidade de intubação”, explicou o presidente da FIEP.

No ano passado, a Prefeitura de Monteiro e a Secretaria Municipal de Saúde, no Cariri paraibano, receberam uma moção de aplausos devido às ações de combate e enfrentamento ao novo coronavírus na cidade. As ações foram reconhecidas pela Câmara de Vereadores da cidade. Agora, a cidade ganha um reforço nessas ações apoiada pela Federação das Indústrias.

A secretaria de Saúde Paula Oliveira, agradeceu a atenção do presidente da FIEP com relação ao município de Monteiro e informou que os equipamentos serão entregues para o Hospital Regional Santa Filomena e a UPA 24 Horas.

ELMO CAPACETE

O Elmo é um capacete de respiração assistida para tratar pacientes com quadro leve ou moderado de Covid-19. Desenvolvido no Ceará, o dispositivo melhora a capacidade respiratória, reduz em 60% a necessidade de internação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), não-invasivo, de menor custo e mais seguro para os profissionais de saúde.

O equipamento foi desenvolvido através de uma ação conjunta entre o SENAI, em parceria com a Universidade de Fortaleza (Unifor), Universidade Federal do Ceará (UFC), e Governo do Estado do Ceará. O capacete é fabricado pela Esmaltec.

(BRASÍLIA) – Há aproximadamente um ano das convenções eleitorais de 2022, a Câmara Federal discute hoje duas Propostas de Emenda à Constituição que devem impactar no próximo pleito.

O grupo mais alinhado ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) espera aprovar a PEC do Voto Impresso, ou voto auditável. A discussão do tema acontece em um momento de crise institucional entre os poderes da República, após ataques diretos de Bolsonaro ao judiciário, com foco no presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso.

Nos corredores do Salão Verde, a análise é que a matéria ainda não alcançou a força que precisa para ganhar apoio da maioria da Casa.

Na Comissão da Reforma Eleitoral, os deputados vão começar a definir como será a eleição proporcional no ano que vem.

A oposição prefere a forma como é hoje, onde são formadas coligações e há candidatos eleitos por quociente eleitoral. Partidos mais voltados ao Centro e governistas preferem o distritão, modelo onde são escolhidos representantes os que tiverem o maior número de votos. (MaisPB)

A Secretaria de Saúde de Ouro Velho realizou na última terça-feira (03) um mutirão de exames oftalmológicos em parceria com o projeto Visão Total.

Segundo a secretária de Saúde, Liudmila Nunes, a parceria entre a Prefeitura e o projeto Visão Total foi um sucesso, ao todo foram mais de 100 atendimentos oftalmológicos realizados.

“Foi um sucesso o mutirão, conseguimos atender mais de 100 pessoas entre eles crianças, nas quais fizemos a doação de 20 óculos para as que fazem parte do ensino básico do município,” comemorou a secretária.

Ao todo foram oito exames realizados, sendo eles: Teste do Olhinho, Avaliação de Acuidade, Refração Completa, Exames dos Movimentos Oculares, Biomicroscopia, Medição de Pressão Intraocular e a Ceratometria.

A Polícia Civil deflagrou nesta quinta-feira (5) a operação Sanguinarys II, em Cabedelo, Região Metropolitana de João Pessoa. Foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva contra acusados de homicídio.

A operação teve como alvos os responsáveis pelo latrocínio de Jair Tadeu Romualdo, morto a pauladas no antigo moinho da cidade. Conforme as investigações, os suspeitos mataram Jair para ficar com a casa, dinheiro e demais objetos dele

O caso chamou atenção pelo fato do corpo da vítima ter sido escondido no local, só sendo encontrado pela equipe de investigação, já em estado esquelético, meses após o fato. Na oportunidade, o Instituto de Polícia Científica realizou avançada análise odontolegal (com uso de tecnologia 3D) para identificação dos restos mortais.

Um dos acusados, que havia foragido após o crime, foi preso na cidade de São José da Mata – PB e os demais no bairro Portal do Poço, em Cabedelo. A operação que contou com apoio do Instituto de Polícia Científica, da Inteligência da PCPB e da Inteligência do SISPEN faz parte da nova sistemática adotada pelo Núcleo de Homicídios e Repressão Qualificada de Cabedelo para rotineiramente prender perigosos criminosos atuantes no município de Cabedelo.

O Brasil perdeu para o COR (Comitê Olímpico Russo) por 3 sets a 1 nesta quinta-feira (5), na semifinal do vôlei masculino nas Olimpíadas de Tóquio-2020, e agora disputará a medalha de bronze na competição.

A equipe do técnico Renan Dal Zotto chegou a vencer o primeiro set, mas sofreu para marcar o ataque russo e sofreu a virada no Japão. No segundo set, os russos venceram por 25 a 21. Já no terceiro, em que o Brasil chegou a abrir 20 a 12, o COR fechou o set em 26 a 24.

O set decisivo terminou em 25 a 23 para os russos. Mikhailov, Comitê Olímpico Russo, chamou a responsabilidade para si e marcou 23 pontos na partida.

No sábado (7), o Brasil enfrentará o perdedor da partida entre França e Argentina na disputa pelo terceiro lugar.

Um avião particular, interceptado pela Polícia Federal (PF) no Aeroporto de Fortaleza, na manhã desta quarta-feira (4), carregava grande quantidade de drogas. Policiais federais apreenderam um total de 1.304 kg de cocaína, escondidos em malas.

O passageiro espanhol e quatro turcos, membros da tripulação da aeronave, foram conduzidos para a PF para serem interrogados. O espanhol, de 60 anos, e o comandante do avião, um turco de 48 anos, foram presos em flagrante e autuados por tráfico internacional de drogas.

A apreensão decorre de investigação da PF.  A droga foi flagrada em uma aeronave executiva de nacionalidade turca que decolou de Ribeirão Preto (SP) e tinha como destino Bruxelas, na Bélgica.

A droga estava acondicionada em 24 malas pertencentes a um passageiro espanhol. Havia 50 tabletes de droga em cada mala, com um total de 1.200 tabletes de cocaína.

Foram apreendidos também a aeronave, celulares e documentos. As investigações continuam com a análise desse material, segundo a Polícia Federal.

A Prefeitura de São José dos Cordeiros, na gestão do prefeito Felício Queiroz, continua cuidando da pandemia, mas sem perder de vista outras ações de saúde que necessita à população. Foi assim inicialmente com a realização de várias cirurgias de catarata, e agora de pterígio.

A ação beneficiou inicialmente 14 cordeirenses com as cirurgias de pterígio e irá prosseguir vencendo toda a demanda por cirurgias eletivas.

“Com trabalho, respeito e sensibilidade às demandas de nosso povo, seguimos construindo um futuro melhor para todos,” comemorou o prefeito Felício Queiroz.

A prefeita Anna Lorena participou do lançamento do Projeto Educar PRF, fruto da parceria entre a Prefeitura Municipal de Monteiro, por meio da Secretaria de Educação, e a Polícia Rodoviária Federal – PB. O Projeto Educar PRF tem por objetivo desenvolver ações pedagógicas multidisciplinares voltadas para a educação e segurança no trânsito, cujo tema é Trânsito, a vida é sempre mais importante. O projeto seguirá cinco eixos temáticos que nortearão as atividades educacionais dos professores e alunos: sensibilização, leitura de imagens, urbanidade, estatística, meios de transporte e protagonismo.

Participaram do lançamento ao lado da prefeita Anna Lorena, o coordenador do Projeto Educar PRF na Paraíba, Cledson Augusto Pereira, acompanhado de membros da instituição, a secretária de educação, Ana Lima, juntamente com os coordenadores, diretores e professores que compõem a rede municipal de ensino, secretários municipais, o diretor do Detran em Monteiro, Marcone Barbosa, o superintendente da Montran, José Valdecy Silva e o vereador Farias, representando a Câmara de Vereadores.

Na Paraíba, nove cidades foram atendidas com este projeto. A cidade de Monteiro foi contemplada e desenvolverá essa ação em escolas de Ensino Fundamental e de Educação Infantil que atendem mais de mil alunos. O lançamento do projeto para as turmas do Ensino Fundamental ocorreu no Auditório da Escola Municipal Lauriceia Freitas, e para os alunos da Educação Infantil, no CEI Jakelline Santa Cruz, onde a Prefeita Anna Lorena além de lançar o projeto, entregou as novas instalações deste centro educacional.

Na ocasião, foram distribuídos pelos Policiais Rodoviários vários kits do Projeto Educar PRF contendo bolsa, camisa, garrafa e materiais escolares.

A solenidade contou com a presença dos pais e dos alunos da rede municipal de ensino, que participaram apresentando músicas, recitando poemas e expondo uma arte feita pelo aluno do 9º ano, Isnan Tiago, cujo tema era o trânsito.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a instauração imediata de investigação contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, por afirmações contra a segurança das urnas eletrônicas e fraudes no sistema de votação. Ele acolheu notícia-crime encaminhada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), acompanhada por link do pronunciamento do presidente realizado no dia 29/7, para fins de apuração de possível conduta criminosa relacionada ao Inquérito (INQ) 4781, que investiga notícias fraudulentas (fake news), falsas comunicações de crimes e denunciações caluniosas.

Segundo o ministro, observa-se, nas condutas do presidente, tanto no vídeo do pronunciamento quanto em outras manifestações públicas, inclusive em redes sociais, o nítido objetivo de tumultuar, dificultar, frustrar ou impedir o processo eleitoral, com ataques institucionais ao TSE e aos seu presidente, ministro Luís Roberto Barroso. Essas condutas configuram, em tese, os crimes de calúnia, difamação, injúria, incitação ao crime, apologia ao crime, associação criminosa e denunciação caluniosa, previstos no Código Penal, e outros delitos definidos na Lei de Segurança Nacional e no Código Eleitoral.

A decisão abre vista imediata à Procuradoria-Geral da República para ciência e manifestação, no prazo de cinco dias.

Diligências

O ministro determinou a realização a transcrição, pela Polícia Federal, do vídeo que contém o pronunciamento controvertido e a oitiva dos envolvidos no pronunciamento, na condição de testemunhas, no máximo em 10 dias.

O empresário e vereador do município de Campo Grande (RN) Vittor Melo, noivo da cantora Walkyria Santos, conversou com Quem na manhã desta quarta-feira (4) e contou que ela está completamente devastada com a morte do filho do meio Lucas, de 16 anos. O jovem, que foi encontrado mortou em casa, em Natal (RN), tirou a própria vida após receber comentários maldosos por um vídeo que publicou no TikTok. A artista ainda é mãe de Bruno, de 20 anos, e de Maria Flor, de 10. Segundo Vittor, Walkyria só conseguiu ir ao velório do menino, que aconteceu na noite desta terça-feira (3) no Centro de Velório São José, em Natal. “Ela não conseguiu ir ao enterro [cemitério Vila Flor, em Macaíba, Região Metropolitana de Natal, às 10 horas de quarta (4)]. Está péssima”, disse Vittor, acrescentando que os irmãos de Lucas estão “muito abatidos”.

Em conversa com Quem, também na manhã desta quarta-feira (4), Luiz Felippe Ramos, assessor de imprensa de Walkyria, confirmou que a artista está muito desolada. “Ela não teve forças para ir ao enterro. Os irmãos [Bruno, de 20 anos, e Maria Flor, de 10] ainda estão digerindo tudo o que está acontecendo”, contou ele, lembrando que Lucas foi alvo de inúmeros comentários homofóbicos por conta do vídeo publicado no TikTok. No vídeo em questão, o adolescente aparecia ao lado de um amigo e ambos simulavam que iriam se beijar, o que nem chegava a acontecer de fato. Com a repercussão negativa, o jovem gravou um novo vídeo na rede social pedindo desculpas. “Ele não resistiu ao psicólogo, sofreu ataques devido ao vídeo que postou no TikTok e foram muitos comentários dizendo que ele era gay, ‘bicha’”, explicou.

Luiz Felippe contou que Lucas chegou a mostrar o vídeo à mãe. “Ele perguntou se ela via algo de mais e ela disse que não. Depois, a tia dele, por ver a situação que ele estava, pediu que apagasse o vídeo, pois eram muitos comentários que o estavam deixando triste”, disse o assessor. “Acontece que tudo foi uma brincadeira. Ele tinha uma namorada, com um término recente. Porém os comentários mexeram com a cabeça dele”, lamentou. O assessor soube, mas ainda não conseguiu se aprofundar se procede ou não, que está sendo movimentado um projeto de lei Lucas Santos, contra esse tipo de crime na internet. “A Wal pretende usar a voz dela para conscientizar as pessoas, sim, em relação a esse cuidado que deve existir na internet sobre comentários ofensivos. Ela não quer deixar passar em branco”, acrescentou.

Em um vídeo publicado em seu Instagram, a artista explicou que o filho recebeu comentários maldosos por um vídeo que publicou no TikTok. “Hoje eu perdi meu filho, mas preciso deixar esse sinal de alerta aqui. Tenham cuidado com o que vocês falam, com o que vocês comentam. Vocês podem acabar com a vida de alguém. Hoje sou eu e a minha família que choram”, disse. “Eu te amo pra sempre meu filho Lucas Santos, eu te amo”, afirmou ela chorando.

“Hoje, dia 3 de agosto de 2021, eu perdi meu filho, uma dor que só quem sente vai entender. E isso é sobre o último post que eu havia feito, os comentários. Ele postou um vídeo no TikTok, uma brincadeira de adolescente com os amigos, e achou que as pessoas fossem achar engraçado, mas não acharam, como sempre as pessoas destilando ódio na internet. Como sempre as pessoas deixando comentários maldosos. Meu filho acabou tirando a vida. Eu estou desolada, eu estou acabada, eu estou sem chão”, desabafou.

“Mas estou aqui como uma mãe pedindo para que vocês vigiem e fiquem alerta. Eu fiz o que pude. Ele já tinha mostrado sinais, eu já tinha levado a psicólogo, mas foi isso, foram só os comentários na internet, nesse TikTok nojento que fez (sic) que ele chegasse a esse ponto”, disse ela. “Eu estou desolada. Que Deus conforte o coração da minha família e que vocês vigiem que a internet está doente”, afirmou Valkyria, abraçando um casaco do filho.

Se você se sente extremamente sobrecarregado, ansioso, depressivo ou está pensando em se machucar, procure seu médico, psicólogo, amigo ou familiar e não esqueça do CVV – Centro de Valorização da Vida (ligue 188).

Entenda

A morte de Lucas foi confirmada em um comunicado publicado no Instagram. “Infelizmente hoje o mundo da Família Santos está cinza. Lucas, filho da Walkyria, já não se encontra entre nós. O coração da Walkyria e toda sua família está em pedaços. Essa é uma dor que nenhuma mãe quer passar. Neste momento, pedimos que respeitem o luto e que orem e mandem boas energias para Walkyria e toda sua família. Agradecemos a todos os fãs e amigos pelas mensagens positivas. O Senhor está perto dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito abatido. Salmos 34:18. Lucas agora está ao lado de Deus”, dizia a mensagem.

Com 1,4 milhões de seguidores no Instagram, Walkyria é ex-vocalista da banda Magníficos e um fenômeno do forró, que acumula mais de 54 milhões de visualizações em suas músicas no YouTube.

À Quem, o sócio e empresário da cantora, Alexandre César, contou que familiares encontraram Lucas já morto. “Ele foi encontrado sem vida no quarto dele na casa da Wal em Natal, no condomínio Green Club. Era de madrugada, quase de manhã. O Lucas não tinha nenhum problema de saúde, era um menino muito para frente, um cara muito focado, estudioso, gostava de fazer os passinhos dele. E Wal é como leoa com os meninos. Ela tem o Bruno, de 20 anos, que é cantor, e a Maria Flor, de 10”, afirmou.

O empresário disse que não foi a artista que encontrou o jovem sem vida. “Foi a tia dele, o pessoal que mora junto. A irmã e o cunhado da Wal moram com ela. A morte pegou todo mundo de surpresa. Quando eu ia para Natal, dormia no quarto com Lucas. Ele passava a noite jogando no computador. Era um menino que tinha muitos amigos. Wal está trancada no quarto, destroçada”, completou ele.

O avanço da vacinação vem impactando nos números oficiais do Boletim da Covid-19 em Monteiro, no Cariri paraibano. Indicadores importantes como casos, óbitos, internações e taxa de contágio tem apresentado estabilidade nas últimas semanas.

O fechamento do último mês com relação a junho mostra uma diferença de 83.3% para casos e também óbitos no município. Os meses de janeiro, maio e junho de 2021 contaram com maior número de contaminação sendo 522, 652 e 969 casos registrados respectivamente.

A secretária de saúde do município, Paula Oliveira, também destacou a queda nas internações entre leitos clínicos de UTI. “Tivemos grande redução dos números de internados aqui no município e regulados para outras unidades do estado.”.

Paula Oliveira ainda foi cautelosa, afirmando que são números positivos, mas que a pandemia ainda não foi vencida. “É preciso muito cuidado, vemos notícias que vêm de todas as partes do mundo e do Brasil mesmo. Hoje pela manhã mesmo, vi que casos da variante Delta cresceram 50% em dez dias no Rio, que já tem um a cada quatro pacientes com a cepa; entre outras reportagens, e nós estamos atentos a essas situações também e por isso precisamos ficar precavidos. A vacina, distanciamento, uso de máscara e álcool 70% são nossas principais barreiras contra essa doença”, declarou reforçando a importância da população se imunizar.

Conforme a última atualização do Vacinômetro, foram aplicadas 17.104 doses de vacina em Monteiro, destas, 6.625 pessoas já estão com esquema vacinal completo.

Prazo para pagamento do IPTU com desconto de 20% termina dia 31 de agosto, informa Secretaria de FinançasA Secretaria de Finanças do município de Monteiro prorrogou o prazo para a efetuação do pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2021, em parcela única e com desconto de 20%.

O pagamento pode ser efetuado até o dia 31 de agosto em qualquer correspondente bancário. A secretária Rosilda Henrique ainda informa que este prazo não será mais prorrogado.

Os moradores de Monteiro devem retirar os seus carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) via internet ou diretamente no setor de tributos da Prefeitura Municipal de Monteiro.

As retiradas presenciais podem ser feitas e os interessados devem comparecer ao setor na Secretaria de Finanças, Av. Olímpio Gomes, s/n – 1° andar – Centro, das 08 às 13 horas. Já as emissões pela internet estão disponíveis no site da prefeitura clicando aquiclicando aqui.

Para realizar a emissão através da internet é preciso ter em mãos o número da Localização Cartográfica / Inscrição Atual, Número do Cadastro ou CPF/CNPJ do proprietário do imóvel.

Ainda de acordo com a secretária da pasta, Rosilda Henrique, os boletos também podem ser solicitados através do e-mail: pmm.fiscal@hotmail, para tanto o solicitante deve enviar os dados para que seja enviado corretamente.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta quarta (04), 872 casos de Covid-19. Entre os confirmados hoje, 44 (5,05%) são casos de pacientes hospitalizados e 828 (94,95%) são leves. Agora, a Paraíba totaliza 423.584 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios. Até o momento, 1.133.193 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.
Também foram confirmados 07 novos óbitos desde a última atualização, todos ocorridos nas últimas 24h, sendo um em hospital privado e os demais em hospitais públicos. Com isso, o estado totaliza 9.018 mortes. O boletim registra ainda um total de 297.222 pacientes recuperados da doença.

Concentração de casos

Cinco municípios concentram 317 novos casos, o que corresponde a 36,35% dos casos registrados nesta quarta. São eles: Campina Grande, com 123 novos casos, totalizando 41.273; Patos, com 64 novos casos, totalizando 13.693; João Pessoa, com 58 novos casos, totalizando 102.885; Cabedelo, com 37 novos casos, totalizando 9.442 e Salgado de São Félix, com 35 novos casos, totalizando 891.

* Dados oficiais preliminares (fonte: e-sus VE, Sivep Gripe e SIM) extraídos às 10h do dia 04/08/2021, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

Óbitos

Até esta quarta, 222 cidades paraibanas registraram óbitos por Covid-19. Os 07 óbitos confirmados neste boletim ocorreram entre residentes dos municípios de Aroeiras (1); Campina Grande (3); João Pessoa (1); Lagoa Seca (1) e Sapé (1).

As vítimas são 03 homens e 04 mulheres, com idades entre 34 e 76 anos. Diabetes foi a comorbidade mais frequente e dois não tinham comorbidade.

Ocupação de leitos Covid-19

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 24%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 18%. Em Campina Grande estão ocupados 31% dos leitos de UTI adulto e no sertão 34% dos leitos de UTI para adultos. De acordo com o Centro estadual de regulação hospitalar, 14 pacientes foram internados nas ultimas 24h. Ao todo, 303 pacientes estão internados nas unidades de referência.

Cobertura Vacinal

Foi registrado no sistema de informação SI-PNI a aplicação de 2.640.455 doses. Até o momento, 1.893.765 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 746.690 completaram os esquemas vacinais onde 686.729 tomaram as duas doses e 59.961 utilizaram imunizante de dose única. A Paraíba já distribuiu um total de 3.051.556 doses de vacina aos municípios.

Os dados epidemiológicos com informações sobre todos os municípios e ocupação de leitos estão disponíveis em: www.paraiba.pb.gov.br/coronavirus

A candidatura à reeleição da deputada federal Edna Henrique (PSDB) ainda não está confirmada. A informação foi dada pelo seu filho, Michel Henrique (PROS). Segundo Michel, que já foi presidente estadual do PROS na Paraíba, Edna ainda está em luto pela perda do marido, o ex-deputado estadual João Henrique, que não resistiu às complicações da Covid-19, em janeiro deste ano.

“Ela está avaliando. Ainda está nessa fase de luto pela perda do meu pai, e realmente ela ainda está fazendo uma avaliação. Ainda não tem nada consubstanciado”, disse.

Por outro lado, o próprio Michel reafirmou que é pré-candidato a deputado estadual, no desejo de “herdar” a vaga do pai na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

“A minha está de pé. Sou pré-candidato a deputado estadual para a sucessão dele”, afirmou.

A única incerteza é se disputará o cargo pelo PROS. Destituído da presidência estadual em abril deste ano, Michel abriu a possibilidade para mudanças. Ele afirma que irá esperar as possíveis mudanças na legislação eleitoral, para então definir a sua situação.

Polêmica Paraíba

Mais Lidas do dia