Uma pesquisa encomendada pelo Instituto Brasileiro do Fígado (Ibrafig) ao Datafolha mostrou que 55% dos brasileiros com mais de 18 anos de idade consomem bebidas alcoólicas, sendo que 32%, ou seja, um em cada três indivíduos, consomem semanalmente. Desses, 44% consomem mais de três doses por dia ou ocasião e nesse grupo 11% consomem acima de dez doses por dia. A dose padrão à qual a pesquisa se refere é a de 14 g de álcool puro, o que corresponde a 45 ml de destilado, ou 150 ml de vinho ou a uma lata de cerveja.

Realizado em setembro, o levantamento revelou ainda que entre aqueles que afirmam consumir de uma a duas doses de álcool por dia ou ocasião, as mulheres (42%) consomem mais do que homens (32%) e mais do que a média nacional (37%), assim como pessoas acima de 60 anos de idade (52%). Segundo a pesquisa, à medida que aumenta o consumo por dia, diminui a faixa etária, sendo de 10% e 12% entre pessoas de 18 a 59 anos de idade, contra 5% entre os maiores de 60 anos de idade.

Entre os brasileiros que consomem três ou mais doses de bebida por vez, 44% são homens, percentual que sobe para 49% entre os homens nas classes AB. A maioria dos entrevistados acredita que o consumo frequente de álcool lidera o ranking de causa tanto do câncer de fígado quanto da cirrose, mas a maioria (56%) negligencia sua saúde quando afirma nunca ter feito exame para avaliar dano do fígado relacionado ao consumo de álcool.

De acordo com o presidente do Instituto Brasileiro do Fígado, Paulo Bittencourt, não existe limite de segurança para o consumo, já que a sensibilidade ao álcool é individual. Entretanto, de modo geral, para pessoas sem doença hepática, o consumo moderado, que é de 14 doses para homens por semana, ou sete doses para mulheres por semana, pode ser considerado seguro. Para aqueles que têm algum tipo de doença ou gordura no fígado o indicado é não consumir.

“Mesmo aquelas pessoas que bebem apenas aos finais de semana, conhecidos como bebedores sociais, têm risco duas vezes maior de cirrose, quando seguem o padrão de consumo caracterizado pela OMS [Organização Mundial da Saúde] como bebedor pesado episódico (BPE), isto é, mais de quatro e cinco doses de álcool por ocasião, respectivamente para mulheres e homens”, diz o instituto.

Segundo o instituto, apesar dos riscos, a maioria das pessoas que consome bebidas alcoólicas não desenvolverá cirrose e câncer de fígado, porque para isso, além do uso abusivo do álcool existe susceptibilidade individual, fatores genéticos e ambientais, tais como doença hepática subjacente, obesidade e diabetes que aumentam o risco de dano hepático pelo álcool.

Paulo Bittencourt alertou ainda para o fato de que o excesso de consumo de bebida alcoólica, ou a popularmente conhecida como ressaca, não pode ser contrabalançado com chás, produtos rotulados como detox ou medicamentos chamados hepatoprotetores, porque essas medicações não oferecem proteção ao fígado contra os efeitos nocivos do álcool.

“A recomendação é pelo consumo moderado e consciente, dentro dos padrões considerados como mais seguros, para quem não tem doença hepática. Entretanto, para quem passou ocasionalmente do limite, é importante compensar o uso abusivo com abstinência de álcool nos dias subsequentes, beber bastante líquido e se alimentar de forma adequada. O uso de analgésicos pode potencializar seus efeitos hepatotóxicos associado ao uso de álcool”, explicou o especialista.

Para diagnosticar a saúde do fígado, o recomendado é que sejam feitos exames de avaliação de enzimas hepáticas (sangue) disponíveis nas redes pública e privada em todos os indivíduos que façam consumo abusivo de álcool, mesmo aqueles com padrão de bebedor pesado episódico.

Para saber mais sobre o assunto, acompanhe @tudosobrefigado nas redes sociais ou pelo site da Ibrafig.

O ex-presidente da Câmara de Condado, Givaldo Leite, mais conhecido por Neguinho de Genival, foi assassinado na noite desta sexta-feira (3), no distrito de Santa Maria Gorete, em Mãe d’Água, Região Metropolitana de Patos. De acordo com o delegado Yuri Givago, o crime aconteceu por volta das 20h30, na propriedade rural de Neguinho, na Vila Capoeira.

Neguinho estava do lado de fora de sua residência, quando foi surpreendido por dois homens, que já chegaram atirando contra ele. A mulher de Neguinho, que estava na parte interna da casa, correu ao ouvir os disparos, mas já encontrou o marido morto, na frente da propriedade.

Ainda conforme o delegado, a polícia foi acionada através de uma guarnição de Mãe D’água e a guarnição nômade, que ao chegarem no local constataram que se tratava de um homicídio. O delegado, no entanto, ainda não pode dar detalhes do caso. “É um caso rumoroso. A delegacia de homicídios e entorpecentes de Patos está apurando todas as hipóteses possíveis. Não podemos adiantar as nossas linhas investigativas”, explicou.

O Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial da Paraíba (Imeq-PB) promoveu uma força tarefa para fiscalizar fios e cabos elétricos nos maiores municípios paraibanos, nesta semana. A operação de fiscalização teve início na última terça-feira (30 de novembro) e foi concluído nesta sexta-feira (3).

De acordo com o superintendente do Imeq, Arthur Galdino, mais de 15 fiscais participaram dessa operação, que teve início em João Pessoa e percorreu as cidades de Cabedelo, Bayeux, Santa Rita, Sapé, Campina Grande, Guarabira, Esperança, Mamanguape, Patos, Sousa e Cajazeiras.

A operação de fiscalização de fios e cabos elétricos promovida pelo Imeq-PB desta vez conta com o auxílio do novo equipamento: microhmímetro, que promove testes de resistência nos fios e cabos elétricos.

Com isso, os produtos que estão apresentando resultados divergentes às Normas do Inmetro, estão sendo coletados e serão submetidos a novos ensaios no laboratório do Imeq-PB. Na próxima segunda-feira (6) será divulgado o resultado final da operação. “Tudo isso, visando garantir a segurança do consumidor paraibano”, finalizou Arthur Galdino.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nessa sexta (3) a abertura de inquérito sobre a live do presidente Jair Bolsonaro, realizada em outubro, na qual foi compartilhada a informação sobre uma suposta relação entre as vacinas contra Covid-19 e a Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, na sigla em inglês). No mesmo mês, a live foi retirada ao ar pelo Facebook por não existir essa relação. 

Na decisão, o ministro atendeu ao pedido de investigação feito pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia. “Determino a instauração de inquérito para investigação do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, e o levantamento do sigilo destes autos, com sua devida e imediata autuação e conversão para o meio eletrônico”, decidiu o ministro.

Durante a tramitação do pedido, a Advocacia-Geral da União (AGU) argumentou que a CPI não tem capacidade postulatória e o presidente da República não pode sofrer medidas solicitadas pela comissão.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) também se manifestou no pedido e declarou que os fatos são objeto de apuração interna do órgão.

A reportagem entrou em contato com a Presidência da República e aguarda retorno.

O deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP) apresentou, nesta sexta-feira (3), uma representação criminal para que seja apurada a autoria de um áudio em grupos do Whatsapp, com conteúdo que não condiz com a verdade e apenas tem o objetivo de espalhar informações inverídicas, boatos, sobre a sua pessoa.

A representação solicita também que seja apurada a prática dos crimes de calúnia e difamação.

O parlamentar está sendo vítima de uma falsa informação, nestes últimos dias, ao ser mencionado em um áudio, de autoria desconhecida, narrado por um homem que diz ter ouvido de uma outra pessoa que Aguinaldo teria se envolvido em uma briga, em um bar, no bairro do Manaíra, em João Pessoa.

Aguinaldo Ribeiro, que sequer estava em João Pessoa, espera que a apuração aponte os autores deste crime e que eles sejam devidamente punidos. O deputado frisou que essa lamentável prática deve ser coibida.

O Comitê Científico do Consórcio Nordeste, emitiu uma recomendação nesta sexta-feira (3) para que os nove estados da região não promovam festas de réveillon e carnaval por conta da ômicron, nova variante da covid-19.

De acordo com a recomendação, o Natal, Réveillon e Carnaval podem gerar aglomerações. Para a entidade, essas festas intensificaram a transmissão do coronavírus e poderiam resultar em nova onda da pandemia.

Na recomendação, o Comitê Científico do Consórcio Nordeste ainda solicitou aos gestores da região que intensifiquem as respectivas campanhas de vacinação contra a covid-19 para que um maior percentual da população possível esteja imunizada com as duas doses.

Na parte referente a Paraíba, o documento aponta a evidência de estabilidade para os próximos 30 dias, mas que apesar dos dados animadores acerca da redução de casos e da vacinação, ainda não há segurança sanitária para realização de eventos com grande quantidade de público devido aos riscos de disseminação da Covid-19 e possibilidade da ocorrência de novas variantes. O documento afirma que o risco epidêmico permanece alto e a interiorização de casos continua, e por esta razão o risco de uma nova onda de casos ocorrer no estado não deve ser descartado.

Com uma gestão aprovada pela grande maioria da população coxixolense, o prefeito Nelsinho Honorato não para de trabalhar e agora lança mais uma ação de governo. Com recursos próprios, a Prefeitura de Coxixola iniciou a perfuração de poços em várias comunidades rurais do município e pretende fazer dessa uma ação contínua ao longo dos quatro anos de gestão.

Segundo o prefeito Nelsinho, nesse final de ano de 2021, serão perfurados 25 poços, num investimento de R$ 100 mil dos cofres municipais. A ideia é perfurar ao longo dos próximos anos o máximo de poços possíveis, assegurando assim uma importante ação de segurança hídrica e fortalecimento da cadeia produtiva na zona rural de Coxixola.

“Os poços são alocados especialmente em propriedades que poderão usar a água do poço para produzir alimentos, garantir segurança hídrica aos animais. Todo mundo sabe a riqueza que é ter um poço na porta de casa e nossa gestão vai possibilitar isso ao máximo de coxixolenses habitantes de nossa zona rural”, disse o prefeito Nelsinho.

O gestor ainda destacou que este será o maior programa de perfuração de poços já realizado no município. “Nosso governo não para de trabalhar e muito mais ainda está por vir ao longo de toda nossa gestão”, pontuou Nelsinho.

O Governo Municipal de Camalaú, adquiriu mudas da BRS CAPIAÇU, para serem distribuídas para as pessoas interessadas.

As pessoas interessadas, poderão se dirigir a secretaria de agricultura portando o CPF.

BRS CAPIAÇU é uma das forrageiras mais queridas da pecuária no Brasil.

No período da seca se apresenta como uma suplementação barata. Resistente ao estresse hídrico, resistente ao tombamento, elevado índice de proteína e de fácil manuseio por não possuir pêlos. Sua silagem é economicamente mais vantajosa que a do milho e a da cana. Apresenta elevada produção em relação a outras espécies de capim já cultivados.

A cientista-chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), Soumya Swaminathan, disse que a nova variante Ômicron do coronavírus é muito transmissível, mas que as pessoas não devem entrar em pânico com isso.

Em entrevista na conferência Reuters Next, nesta sexta-feira (3), Soumya disse que a resposta certa é estar preparado e ser cauteloso e não entrar em pânico diante da nova variante.

“Até que ponto devemos ficar preocupados? Precisamos estar preparados e cautelosos, não entrar em pânico, porque estamos em uma situação diferente de um ano atrás”, disse Swaminathan.

O surgimento da nova variante não foi bem-vindo, disse ela, acescentando que o mundo está muito mais bem preparado devido ao desenvolvimento de vacinas desde o início da pandemia.

Muita coisa permanece desconhecida sobre a Ômicron, detectada pela primeira vez no sul da África no mês passado e com registros em pelo menos duas dúzias de países. Partes da Europa já lutavam contra uma onda de infecções da variante Delta.

“Precisamos esperar, espero que a cepa seja mais amena, mas é muito cedo para tirar conclusões sobre a variante como um todo”, disse a cientista.

A OMS pediu aos países que aumentem a capacidade de seus sistemas de saúde e vacinem suas populações para combater o aumento de casos de covid-19 causados ​​pela Ômicron, afirmando que as restrições às viagens podem ganhar tempo, mas não são a resposta por si só.

“A Delta é responsável por 99% das infecções ao redor do mundo. Essa variante teria que ser mais transmissível para competir e se tornar dominante em todo o mundo. É possível, mas não há como prever”, acrescentou.

O Programa “Mais Sorrisos no Campo”, considerado o maior programa de Saúde Bucal, já realizado na história da zona rural do Município de Monteiro, irá realizar um mutirão de cirurgias bucais nesta quarta-feira (01), no Centro de Especialidades Odontológicas – CEO do município, atendendo prioritariamente os pacientes das comunidades da Vila Lafayette na parte da manhã e a comunidade do sítio Gameleira no período da tarde.

O mutirão foi destinado a atender as crianças, jovens, adultos e idosos daquelas comunidades que já são atendidos pelo programa na própria comunidade, através da visita mensal da Unidade Móvel Odontológica, com serviços de prevenção, acompanhamento e tratamento dentário.

O mutirão de cirurgias bucais é realizado pelo coordenador de saúde bucal, João Henrique, no Centro de Especialidades Odontológicas – CEO, com o adiantamento e expansão dos atendimentos odontológicos da comunidade, com atendimentos voltados para restauração, exodontia, extração, promoção e prevenção, profilaxias e limpezas, além de serviços de prevenção e tratamento das doenças bucais.

O programa “Mais Sorrisos no Campo” oferece serviços odontológicos para as populações de locais que apresentam maior dificuldade de acesso aos serviços de saúde, localizados predominantemente nas áreas rurais, com a mesma qualidade dos serviços oferecidos na zona urbana.

Como agendar o atendimento

No final de cada mês é divulgada previamente a lista das comunidades rurais que serão atendidas no mês seguinte. A Relação dos pacientes que serão atendidos em data pré-agendada, fica a cargo dos presidentes das Associações Rurais, que encaminham a demanda com a lista de todos os pacientes, diretamente para o coordenador do programa “Mais Sorrisos no Campo”.

O levantamento sobre as estruturas das unidades prisionais do Estado da Paraíba vem sendo feito pela Corregedoria Geral de Justiça (CGJ) do TJPB. Nessa quinta-feira (2), o corregedor-geral de Justiça, desembargador Fred Coutinho, esteve em cadeias públicas (em funcionamento e interditadas) da Região do Cariri paraibano (São João do Cariri, Serra Branca, Sumé, Prata e Monteiro). Na ocasião, o corregedor dialogou com diretores e apenados, verificou as condições físicas das edificações, os projetos implementados e até mesmo situações que levaram à interdição das unidades localizadas nos municípios de Sumé e Prata.

“Vimos alguns avanços em Monteiro, dentro das possibilidades reais daquele estabelecimento prisional. Já as condições de Sumé e Prata eram realmente inviáveis para o funcionamento, o que ocasionou a interdição das unidades. Diante disso, surgiu a ideia de propormos diálogo com o Poder Executivo estadual para buscar a construção de um presídio regional que dê cobertura ao Cariri”, revelou o corregedor-geral, Fred Coutinho.

As visitas às cadeias ocorreram por ocasião da correição que está sendo realizada pela Corregedoria na Comarca de Monteiro para fiscalização e orientação aos cartórios judiciais e extrajudiciais da região.

O diretor da Cadeia Pública de Monteiro, Alexandre Macedo Batista, afirmou que, durante a visita, o corregedor transmitiu as boas práticas efetuadas para o aprimoramento dos serviços judiciais e extrajudiciais, e que tendem a dar celeridade às decisões que têm impacto nos direitos das pessoas reclusas.

Na cidade de Serra Branca (foto acima), também foi realizada uma minuciosa inspeção por parte da Corregedoria Geral de Justiça (CGJ) do TJPB. A direção da unidade fez um detalhamento das ações adotadas e foi bastante elogiada.

Conforme o diretor, o corregedor pode conhecer a cozinha dos presos, o alojamento dos policiais penais, almoxarifado, vistoriando toda a infraestrutura, bem como as conquistas decorrentes de reforma realizada, os equipamentos novos adquiridos e as salas para audiência virtual, aulas e para desenvolvimento do Projeto Leitura Liberta, voltado à remição da pena.

“Agradeço a presença do corregedor Fred Coutinho e a disponibilidade para ouvir a Direção, os policiais, os reeducandos, de forma prestativa. Ficou demonstrado o total interesse do Poder Judiciário para com a melhoria das unidades prisionais do Estado”, afirmou Alexandre Batista.

Por Gabriela Parente

A Prefeita de Monteiro Anna Lorena assinou o decreto municipal que estabelece ponto facultativo nas repartições públicas do município no dia 08/12 (quarta-feira), em virtude ao dia consagrado a Nossa Senhora da Conceição.

De acordo com o decreto, o expediente definido no artigo anterior não afeta o funcionamento das repartições que prestam serviços essenciais à população, tais como saúde, limpeza pública, funerários, matadouros, vigilância e outros, prestados por servidores em regime de plantão ou rodízio.

A população da cidade de Monteiro vivenciou um momento único na noite desta quarta-feira (01), com a entrega oficial da decoração natalina que vai ficar instalada na Praça João Pessoa durante todo o mês de dezembro e que se estende em um corredor de luzes por toda avenida principal da cidade.

Uma minicidade cenográfica montada em plena praça, remonta aos tempos da cidade de Jerusalém, com a instalação de uma réplica de estrebaria onde foram instalados animais cenográficos, além de um presépio em tamanho natural da Sagrada Família e dos três Reis Magos, tendo ao centro uma manjedoura onde o Menino Jesus é venerado.

A Prefeita Anna Lorena fez a abertura oficial das Festividades Natalinas, que contou com a apresentação da Banda Filarmônica de Monteiro Sebastião de Oliveira Brito e em seguida um show do Cantor Osmando Silva e o lançamento oficial da programação do mês de dezembro que se estende durante todo o mês, até o dia 23 com a apresentação do Auto de Natal.

Anna Lorena agradeceu a presença de todos e destacou que durante todo o mês de dezembro haverá uma vasta programação envolvendo as secretarias de Esporte, Cultura e de Desenvolvimento Social, com Pedal Solidário infantil e adulto, Shows de Música de bandas Católicas e Bandas Gospel, apresentação de Coral e encerramento da campanha Natal Solidário, além da recepção ao Papai Noel em praça pública no dia 22 de dezembro.

Confira abaixo a programação:
Dia 01/12 – Quarta-feira

Abertura das Festividades Natalinas e lançamento da programação do mês de dezembro Praça João Pessoa – 20 horas
Banda Filarmónica e Osmando Silva

Dia 05/12 – Domingo
Pedala Kids
Concentração Praça da Alimentação – 16hs

Dia 12/12 – Domingo
Praça da Alimentação – 5 horas da manhã
Abertura dos Jogos Solidários

Dia 14/12 – Terça-feira
Praça João Pessoa – 20 horas
Encerramento da Campanha Natal Solidário e Apresentação da Banda Sacramentus

Dias 16, 17 e 18/12 – quinta, sexta e sábado
Praça João Pessoa – 20 horas
Presépio Vivo

Dia 19/12 – Domingo
Monteiro Pedala Bike – Concentração na Praça da Alimentação – 5 horas da manhã
Cruzada Evangélica – Em frente à Praça João Pessoa – 19 horas

Dia 20/12 – Segunda-feira
Praça João Pessoa – 20 horas
Apresentação da banda Filarmônica do Município de Sumé Maestro Antônio Josué de Lima
Apresentação do Coral da Igreja Assembleia de Deus

Dia 21/12 – Terça-feira

Enceramento dos programas sociais
O Chicão às 17 horas

Dia 22/12 – quarta-feira
Recepção ao Papai Noel e apresentação do projeto Talento TEEN
Praça João Pessoa – 20 horas

Dia 23/12 – quinta-feira
Auto de Natal
Praça João Pessoa – 20 horas

 

Policiais Civis da Delegacia de Caraúbas, em atuação conjunta com o GTE da 14a DSPC – Monteiro, prenderam nesta quinta-feira (02), o acusado de cometer um homicídio ocorrido na última terça-feira (01), no município de Caraúbas, no Cariri paraibano.

O autor do crime, é oriundo do estado vizinho de Pernambuco, e estaria residindo a poucos meses na Paraíba.

Após o crime, policiais militares realizaram diligências pela região, e em uma abordagem policial, o indivíduo confirmou a prática do delito, e ainda foi localizada com ele a arma utilizada para cometer o homicídio, e vestimentas dele quando da prática do crime, ainda com vestígios de sangue.

Além desta, outra arma foi apreendida, uma espingarda. Contra ele, após consulta realizada aos sistemas de informação, restou contatado a existência de um Mandado de Prisão, também pela pratica de homicídio, oriundo da justiça pernambucana.

O indivíduo foi autuado em flagrante delito, e após os procedimentos de praxe, foi encaminhado a unidade prisional.

A causa do assassinato ainda segue em investigação por parte da Polícia Civil.

Mais Lidas do dia