Secretaria de Saúde da PB explica que apenas metade das vacinas foram enviadas aos municípios

O secretário de Saúde do Governo da Paraíba, Geraldo Medeiros, explicou nesta quinta-feira (21) que as vacinas referentes às segundas doses que todas as pessoas vacinadas terão que receber não foram enviadas imediatamente aos municípios. De acordo com ele, essa carga ficará na rede de frios localizada na sede da SES e só quando chegar a hora da segunda dose é que serão enviadas.

A expectativa é que essa segunda dose seja dada 28 dias depois da primeira. Como a vacinação na Paraíba começou no dia 19 de janeiro, os vacinados vão precisar repetir a dose a partir do dia 16 de fevereiro.

A carga de vacina foi enviada à Paraíba pelo Ministério da Saúde. O lote foi recebido pela SES e dividido proporcionalmente para os 223 municípios. Depois disso, metade da quantidade destinada a cada município foi enviada. A outra metade é essa que segue na Secretaria e que só será remetida aos municípios na semana do início da segunda dosagem.

Além disso, os municípios vão precisar comprovar que aplicaram corretamente a primeira vacina antes de receber a segunda. O objetivo é evitar desvios e vacinação de mais pessoas que a segunda dosagem permitirá. E também para garantir a correta armazenação do produto.

Neste primeiro lote, a Paraíba recebeu 114.846 doses, que devem vacinar 54.689 paraibanos, representados por 42.925 trabalhadores de saúde, 10.432 indígenas aldeados, 1.212 pessoas idosas institucionalizadas e 120 pessoas com deficiência institucionalizadas.

Você pode gostar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *