Roupas e máscaras Anticovid são confeccionadas na Paraíba

Profissionais da área de saúde da Paraíba podem ter acesso a uniformes mais seguros durante a pandemia da Covid-19. A Kiaue Branco criou a linha K Anticovid que utiliza um tecido especial que elimina bactérias e vírus, inclusive o coronavírus. A confecção paraibana especializada na produção de uniformes profissionais para área de saúde é a primeira do Estado a fabricar jalecos, roupas e máscaras com capacidade antiviral.

O tecido 100% poliéster foi exposto a um tratamento com nanopartículas de prata e sílica. Se o coronavírus entrar em contato com o tecido, essa capa protetora promove uma reação química e elimina o vírus, em até dois minutos.

Essa tecnologia foi desenvolvida pela startup Nanox, especializada em nanotecnologia, em parceria com pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Os testes também foram feitos na Universidade de São Paulo (ICB-USP) e na Universidade Jaume I, na Espanha. A pesquisa foi financiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Além da confecção de roupas para área de saúde a Kiaue Branco está confeccionando máscaras Anticovid para a população, além de inativar o coronavírus em dois minutos, como o tecido é impermeável, a máscara não precisa ser trocada ao longo do dia, isso porque as gotículas de saliva ou espirro não passam pelo tecido.

A empresa paraibana também oferece produtos focados em outros segmentos, para bares e restaurantes foram produzidas toalhas de mesa, aventais e toucas. E para profissionais da estética e beleza estão sendo fabricados jalecos, capas de corte para cabelo, barba e maquiagem, além de aventais para manicures, esteticistas e barbeiros.

Uma boa notícia é que para o consumidor serão repassados apenas a diferença do valor da nova tecnologia. A diretora da Kiaue Branco explica que as roupas serão somente 30% mais caras que a tradicional. “Esse tecido foi desenvolvido em parceria com empresas sérias e Universidades públicas o que barateou o seu preço final. Vamos seguir com o propósito de repassar somente esse custo. Ao deixar os produtos com preços acessíveis vamos ajudar a proteger mais pessoas, em especial os profissionais de saúde que estão na linha de frente ” afirmou a proprietária da confecção Maria José Farias.

O tecido que é impermeável e antiodor possui garantia de eficiência antiviral de 99,9% em 30 lavagens. No entanto, as lavagens não precisam ser diárias uma vez que a eliminação de vírus e bactérias são naturalmente asseguradas pelas nanopartículas de prata.

Depois das 30 lavagens o tecido vai diminuindo aos poucos a capacidade de eliminar vírus e bactérias, mas o produto segue impermeável e com as mesmas características, ou seja, ela ainda segue mais seguro do que o tecido comum. Uma vez que gotículas com vírus ou bactérias vão seguir impedidas de passar pelo tecido.

É importante destacar que o tecido não é uma vacina. Os cuidados com a prevenção da COVID-19 seguem os mesmos preconizados pela OMS: Lavagem constante das mãos, só levar as mãos ao rosto com as mãos limpas, evitar tocar na parte externa da máscara e o distanciamento social.

A Kiaue Branco está situada na rua Miguel Couto, 285, em frente a antiga CAVESA, Centro, Campina Grande/ PB. Para mais informações: www.kiauebranco.com.br , nos telefones: (83) 3341-1193 e (83) 99625-3363 e pelas redes sociais @kiauebranco e https://www.facebook.com/kiauebranco

Você pode gostar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *