PSDB e PMDB devem unir forças na PB

Já são fortes os rumores nos bastidores políticos da Paraíba sobre a possibilidade real do PSDB e PMDB marcharem unidos nas eleições deste ano na Paraíba, pondo fim a uma “briga” que já dura mais de 15 anos quando do rompimento entre o ex-governador Ronaldo Cunha Lima e o então governador José Maranhão, ambos do PMDB.

Naquela noite de 19 de março de 1998, após um discurso inflamado do ex-governador Ronaldo Cunha Lima o PMDB da Paraíba se partiu ao meio e daí surgiu o PSDB para abrigar os Cunha Lima e seus correligionários.

O rompimento político do senador Cássio Cunha Lima com o governador Ricardo Coutinho e a insatisfação do PMDB paraibano com a presidenta Dilma está levando o partido para uma possível união com os tucanos, o que tem movimentado os bastidores da política paraibana nas últimas 48 horas.

Na Paraíba, ninguém tem mais dúvida do rompimento de Cássio com Ricardo, faltando apenas à oficialização o que deverá acontecer na segunda-feira, 24 de fevereiro, quando da reunião da executiva estadual do PSDB já convocada pelo presidente Ruy Carneiro.

A aliança PSDB/PMDB na Paraíba passou a ser ventilada com mais intensidade após um jantar ocorrido na última quarta-feira (12), em Brasília, entre os senadores Cássio e Vital Filho, que ganhou destaque na coluna de Gerson Camarotti, comentarista da Globo News.

O encontro, antes secreto, vazou e em consequência novos fatos políticos surgiram logo no dia seguinte, quando o vice-governador Rômulo Gouveia concedeu entrevista em João Pessoa anunciando seu incondicional apoio a reeleição de Ricardo Coutinho, independente de Cássio ser ou não candidato ao governo, o que causou surpresa aos paraibanos, principalmente aos campinenses.

Nesta sexta-feira (14), o primo do senador Cássio Cunha Lima, Ivanhoé Cunha Lima concedeu entrevista ao radialista Antonio Malvino e confirmou a candidatura do senador ao Governo da Paraíba.

O irmão de Cássio, vice-prefeito de Campina Grande, Ronaldo Cunha Lima Filho, postou nas redes sociais um vídeo onde o senador aparece fazendo campanha e estimulando a militância. “Vamos manter as mãos erguidas”, diz Cássio no vídeo.

MARANHÃO ABENÇOA ENCONTRO E CÁSSIO E VITALZINHO

Presidente do PMDB na Paraíba, o ex-governador José Maranhão afirmou nesta sexta-feira que “vejo com simpatia esse encontro suprapartidário”, numa menção à reunião ocorrida, em Brasília, entre os senadores Vital Filho e Cássio.

– Vejo isso, sob o aspecto do arejamento do ambiente político da Paraíba, como algo importante. Temos que sair do lenga-lenga e discutir projetos – avalizou José Maranhão, em entrevista à Rádio Arapuan FM (JP), estimando que o encontro “poderá evoluir no futuro, democraticamente. As lideranças podem convergir quando se tratar de projetos”.

A CHAPA PSDB/PMDB

Com todos estes acontecimentos, uma importante personalidade da política paraibana revelou ao Jornal Eletrônico VITRINE DO CARIRI que os entendimentos PSDB e PMDB estão avançados e já se comenta uma provável chapa que seria encabeçada pelo senador Cássio (PSDB) com Luciana Agra (PEN) de vice e o deputado federal Manoel Júnior (PMDB) candidato ao Senado.

O senador Vital Filho (PMDB) estaria trabalhando para convencer seu irmão Veneziano Vital a disputar um mandato de deputado federal, enquanto que sua mãe Nilda Gondim, ao invés de disputar a reeleição à Câmara Federal disputaria uma vaga na Assembleia Legislativa da Paraíba.

Você pode gostar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *