Operação Calvário: PF cumpre mandado de prisão contra investigado

Em nota encaminhada à imprensa na noite de ontem (28), a assessoria de comunicação da Polícia Federal (PF) na Paraíba confirmou o cumprimento de um mandado de prisão expedido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) em alusão a nona fase da Operação Calvário.

Foi preso o ex-assessor do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, Sérgio Ricardo de Ribeiro Gama Filho. Ele é investigado na nona fase da Operação Calvário e tentou enterrar o telefone celular durante buscas da Polícia Federal.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) e cumprido pela Polícia Federal durante a noite. O texto adianta que o mandado foi expedido após “representação policial em razão de conduta para ocultar provas no cumprimento de mandado de busca ontem”.

Ao perceber a chegada da Polícia Federal à sua casa, Sérgio Ricardo tentou esconder seu telefone celular em meio a plantas de um canteiro localizado na janela de seu apartamento. Os agentes da Polícia Federal desconfiaram da atitude dele, que permaneceu postado em frente a uma janela.

Quando questionado sobre a sua postura, ele afirmou que estava rezando. Os agentes não acreditaram e fizeram buscas no canteiro da janela, encontrando o telefone celular, que havia sido enterrado. Sérgio Gama insistiu que não iria negar entregar o aparelho, apenas tinha deixado ele ali antes de abrir a porta, e voltou a dizer que estava rezando.

Você pode gostar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *