Justiça anula ato da Câmara de Santa Rita e devolve mandato a Netinho

A Prefeitura Municipal de Santa Rita parece longe de encontrar um gestor definitivo. É que poucas horas após a Câmara de Vereadores anular, nesta terça-feira (16), processo de cassação anterior e reempossar o prefeito Reginaldo Pereira (PRP), o juiz Gustavo Procópio, da 5ª Vara do município, concedeu liminar suspendendo os efeitos da decisão daquela Casa Legislativa e determinou o retorno do vice-prefeito Netinho de Várzea Nova ao cargo de titular do Poder Executivo.

O magistrado advertiu a Câmara de Vereadores, em seu despacho, sobre a oscilação no cargo de gestor do município, “como um pêndulo que põe e tira prefeito ao sabor das conveniências ocasionais”.

Ainda segundo o juiz Gustavo Procópio, o “ato atacado viola o princípio da segurança jurídica e tem real potencialidade de ocasionar danos irreparáveis aos munícipes”.

Entenda
A Câmara Municipal de Santa Rita resolveu, na manhã desta terça-feira, arquivar os processos de cassação votados e aprovados pela própria Casa Legislativa contra o prefeito eleito Reginaldo Pereira, que ficou fora do cargo por nove meses.

Após a anulação, Reginaldo Pereira reassumiu o comando da Prefeitura de Santa Rita e chegou a afirmar que não guardava mágoas dos vereadores pelo processo que passou. “Os vereadores chegaram à conclusão que as provas não fecham com as denúncias. Espero que o prefeito entregue com naturalidade. Vou me reconciliar. Não tenho ódio, nem ressentimento”, pontuou.

Você pode gostar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *