João Henrique critica auxiliares de Ricardo, mas não fala em rompimento

O deputado João Henrique (DEM) participou neste sábado (29), do programa Revista Independente, transmitido pela rádio IND FM de Serra Branca, apresentado pelos jornalistas Klebson Wanderley e Fred Menezes.

O deputado fez uma avaliação entre o seu primeiro e segundo mandato e revelou que no primeiro teve oportunidade de fazer mais porque existia mais sensibilidade e diálogo entre os deputados e os auxiliares do governo anterior.

João Henrique revelou que vários deputados da base aliada do governador evitam despachar com os atuais secretários para evitar constrangimento e às vezes ser humilhado como aconteceu com alguns. “Eu mesmo fui a uma audiência com o Superintende do DETRAN para tratar da municipalização do trânsito de Monteiro e levei um chá de cadeiras de quase uma hora, e não recebi qualquer justificativa por este atraso. Esse é um tratamento dado por uma auxiliar do segundo escalão a um deputado da base aliada, imaginem a um adversário”, disse João Henrique.

Sobre a pesquisa divulgada recentemente, João Henrique disse a pesquisa reflete o momento atual, e acredita nas pesquisas, embora elas possam mudar com o decorrer da campanha.

Apesar de criticar duramente a secretária de Educação, Márcia Lucena, o secretário de Segurança Cláudio Lima e atual chefe de Gabinete do governador, o parlamentar disse que vai aguardar a decisão do seu partido, o Democratas, para decidir o destino que tomará nas eleições deste ano.

“O senador Efraim Morais, presidente de nosso partido estará se desencompatibilizando da secretaria de Infraestrutura do Estado no início desta semane e a partir daí ele terá mais tempo para ouvir os correligionários e decidir qual rumo o partido deverá seguir”, disse João Henrique, que não soube precisar uma data para a definição.

Você pode gostar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *