Grau de satisfação dos usuários da UPA de Monteiro é superior a 80%

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Monteiro é avaliada como boa ou excelente por mais de 80% da população monteirense. O dado foi levantado a partir de uma pesquisa de satisfação dos usuários da UPA ao longo do ano de 2014.

O levantamento é feito a partir de um questionário que é respondido pelas pessoas atendidas na unidade, que analisa os seguintes itens: limpeza e conservação, instalações físicas e atendimento dos médicos, dos enfermeiros e da recepção da UPA. Para a população pesquisada, o índice de aprovação da unidade varia de 70 a 90% de acordo com o item avaliado e o mês. A reprovação, em contrapartida, não chega sequer a 20% em qualquer dos itens pesquisados.

A atividade mais aprovada pela população monteirense é o atendimento dos profissionais que atuam na UPA. Segundo a moradora do Sítio Mocó de Cima, zona rural de Monteiro, o atendimento é humanizado e os profissionais tratam os pacientes com muita dedicação.

Um sentimento igual transmitiu a monteirense Lucilene Gomes Leite, que hoje mora em João Pessoa, e disse que quando precisa de uma unidade de saúde logo lembra da UPA de Monteiro. “Uma pena que nem sempre posso vir para a UPA daqui (Monteiro) quando preciso de atendimento, já que não moro mais na cidade. Aqui não falta nada. Tem medicamento e o atendimento é ágil e respeitoso por parte de todos os profissionais”, pontuou dona Lucilene Leite.

A UPA de Monteiro atende em média 4 mil pessoas por mês e conta com dois médicos clínicos de plantão 24 horas. O atendimento é realizado a qualquer pessoa que chegue à unidade com seu cartão do SUS ou documento pessoal e obedecendo a um procedimento pioneiro, que já está sendo copiado por outras UPA’s do Estado: ‘a classificação de risco’.

“A UPA de Monteiro foi a primeira da Paraíba a implantar a classificação de risco, onde os pacientes são atendidos obedecendo a prioridade clínica de seu quadro de saúde, fazendo com que usuários com doenças mais graves sejam atendidos preferencialmente e recebam o socorro com mais agilidade”, explicou a diretora da UPA, Ana Paula Barbosa Oliveira.

A prefeita de Monteiro, Edna Henrique, também implantou na UPA, com recursos próprios, um laboratório de análises clínicas que realiza todos os tipos de exames e raio X a qualquer momento, inclusive com resultado imediato para boa parte dos exames. “A UPA com porte 1 não contempla a instalação de um laboratório de exames, mas por determinação e investimento da prefeita Edna Henrique temos um avançado laboratório, que inclusive realiza exames de enzimas cardíacas, só ofertados geralmente nos grandes centros do Estado”, relatou a diretora.

O investimento mensal na manutenção da UPA de Monteiro é superior a R$ 400 mil e em 2014 o município arcou com 75% desses recursos.

Você pode gostar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *