Deputados batem-boca na Assembleia e abrem racha na base governista

O deputado estadual Ricardo Barbosa (PSB) subiu na tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba nesta quarta-feira (6) para defender a deputada Daniella Ribeiro (PP) que discutiu no plenário com a presidente da Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) Estela Bezerra (PSB). O socialista atacou a colega de partido e cobrou respeito aos demais parlamentares.

“O deputado Ricardo Marcelo não lhe teme enquanto tiver assento nesta Casa e buscará o respeito dos seus projetos, da sua atuação parlamentar e não será a senhora, nem suas intimidações, nem seu apaniguamento, nem a contemplação que Vossa Excelência tem no Palácio da Redenção… Eu tive 33 mil votos, pouco menos que Vossa Excelência, e vou fazer uso do meu mandato com altivez e a senhora tem que respeitar todos os deputados dessa Casa”, disparou o Ricardo Barbosa com o ânimo acirrado.

O embate na Casa Epitácio Pessoa teve início depois que Daniella Ribeiro usou a tribuna para contestar o veto do governador Ricardo Coutinho (PSB) ao seu projeto que prevê a inclusão do tipo sanguíneo na carteira de identidade. Ela aproveitou a oportunidade para criticar a condução de Estela Bezerra à frente da CCJ. Segundo ela, a socialista preside “por conta própria e sem escutar ninguém”.

Estela Bezerra rebateu Daniella afirmando que não tinha sido eleita na presidência da CCJ para discutir questões “miúdas”. Ela afirmou também que a deputada do PP estaria com “algum trauma”.

Após a discussão o deputado Ricardo Barbosa, tomando as dores de Daniella Ribeiro, saiu em defesa da parlamentar que faz parte da oposição, contra a colega de partido, uma das lideranças do Governo do Estado na ALPB, grupo qual ele faz parte.

“Ele [Ricardo Barbosa] expôs aquilo que eu nem sequer cheguei a expor, porque ela [Estela Bezerra]foi para me intimidar ficando ali na frente no plenário, mas eu fiquei com tranquilidade, respondendo e falando aquilo que interessava. Cada um dá o que tem, a minha educação não permite discutir de determinada forma, que nesse caso, ela se propôs”, disse Ribeiro.

Você pode gostar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *