Benjamin diz que processo de impeachment de Dilma é a resposta à sociedade

O deputado federal, Benjamin Maranhão (SD), disse que a abertura do processo de impeachment da presidente, Dilma Rousseff (PT), é uma resposta do Congresso à sociedade brasileira, que clama por mais justiça, fim da corrupção, por mais qualidade de vida, educação, saúde e segurança pública. A autorização de andamento foi dada nesta quarta-feira (2) na Câmara Federal a um requerimento formulado pelos juristas Hélio Bicudo e Miguel Reale Júnior.

“A sociedade não aguenta mais uma administração desastrosa, que levou ao aumento da inflação, diminuição do número de empregos, diminuição da renda do trabalhador brasileiro, que aumentou a energia e os combustíveis e que aumentou as dificuldades na saúde e na segurança pública”, disse, acrescentando que essa é uma resposta concreta a um governo que trouxe um desmando a administração pública e o Congresso não pode fugir a essa responsabilidade.

Hélio Bicudo é um dos fundadores do PT e entregou o pedido em 21 de outubro. Deputados da oposição apresentaram uma nova versão do requerimento dos dois juristas para incluir as chamadas “pedaladas fiscais”, que é a prática de atrasar repasses a bancos públicos para cumprir as metas. Os autores do pedido de afastamento também alegaram que a chefe do Executivo descumpriu a Lei de Responsabilidade Fiscal ao ter editado decretos liberando crédito extraordinário, em 2015, sem a autorização do Congresso Nacional.

Você pode gostar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *