O preço do gás de cozinha, na Paraíba, vai subir cerca de R$ 5 a partir desta segunda-feira (14). O aumento de 5,9% no preço médio foi anunciado pela Petrobrás na última sexta-feira (11).

De acordo com o Sindicato dos Revendedores de Gás na Paraíba, o impacto final do aumento pode chegar a R$ 6, fazendo com que o produto passe a custar entre R$ 95 e R$ 100.

As distribuidoras e revendedores de gás de cozinha são livres para definir se e como repassarão o aumento. O reajuste para as distribuidoras, de acordo com a Petrobrás, segue o equilíbrio com o mercado internacional e acompanha as variações do valor dos produtos e da taxa de câmbio, para cima e para baixo.

Uma adolescente de 16 anos foi assassinada a tiros dentro da casa dos pais, em São Bento, no sertão paraibano, nesse domingo (13). O principal suspeito do crime é o ex-companheiro dela, identificado apenas por André.

Rayane Santos Ramalho e o suspeito tinham terminado o relacionamento há cerca de dois meses, porém, inconformado, André fazia frequentes ameaças. Ela estava na casa dos pais quando saiu de moto até o Centro da cidade.

Ao chegar ao local, ela visualizou o ex-companheiro e decidiu retornar para casa. O suspeito então a seguiu, invadiu a casa dos pais dela e atirou várias vezes.

Rayane faleceu no local, já o suspeito fugiu e ainda não foi preso. O caso é investigado pela Polícia Civil.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, neste domingo (13), 2.034 novos casos de Covid-19, em 24 horas. Entre os confirmados hoje, 84 (4,12%) são casos de pacientes hospitalizados e 1.950 (95,87%) são leves.
Agora, a Paraíba totaliza 358.860 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios. Até o momento, 985.193 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

Também foram confirmados 33 novos óbitos, desde a última atualização, sendo 12 nas últimas 24 horas. Os óbitos ocorreram entre os dias 07 de maio e 13 de junho de 2021, sendo todos em hospitais públicos. Com isso, o estado totaliza 8.128 mortes. O boletim registra ainda um total de 236.555 pacientes recuperados da doença.

Concentração de casos

Cinco municípios concentram 711 novos casos, o que corresponde a 34,95% dos casos registrados neste domingo. São eles: Campina Grande, com 221 novos casos, totalizando 32.478; João Pessoa, com 206 novos casos, totalizando 91.684; Patos, com 134 novos casos, totalizando 12.185; Aroeiras, com 91 novos casos, totalizando 1.490 e Esperança, com 59 novos casos, totalizando 4.573.

* Dados oficiais preliminares (fonte: e-sus VE, Sivep Gripe e SIM) extraídos às 10h do dia 13/06/2021, sujeitos à alteração por parte dos municípios.

Óbitos

Até este domingo, 219 cidades paraibanas registraram óbitos por Covid-19. Os 33 óbitos confirmados neste boletim, ocorreram entre residentes dos municípios de Araçagi (01), Aroeiras (01), Bayeux (01), Belém (01), Cajazeiras (01), Campina Grande (06), Ingá (01), Itapororoca (01), Jacaraú (01), João Pessoa (07), Malta (01), Monteiro (01), Pedras de Fogo (01), Picuí (01), Pombal (01), Queimadas (01), Santana de Mangueira (01), São Bentinho (01), São Bento (01), São João do Rio do Peixe (01), Taperoá (01) e Umbuzeiro (01).

As vítimas são 20 homens e 13 mulheres, com idades entre 20 e 99 anos. Cardiopatia e diabetes foram as comorbidades mais presentes. 14 não tinham comorbidades.

Ocupação de leitos Covid-19

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 73%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 73%. Em Campina Grande, estão ocupados 73% dos leitos de UTI adulto e no sertão 90% dos leitos de UTI para adultos. De acordo com o Centro estadual de regulação hospitalar, 84 pacientes foram internados nas ultimas 24h. Ao todo, 935 pacientes estão internados nas unidades de referência.

Cobertura Vacinal

Foi registrado no sistema de informação SI-PNI a aplicação de 1.440.470 doses. Até o momento, 976.904 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 463.566 com a segunda dose da vacina. Um total de 1.849.448 doses já foram distribuídas.

Nota Informativa
Atualizada em 13-06-2021

A Secretaria Municipal de Saúde de Monteiro informa que neste Domingo, 13, tivemos mais 22 novos casos CONFIRMADOS para COVID-19.

Sendo 15 (quinze) casos de 04, 06, 23, 30, 35, dois pacientes de 40 anos, 41, 42, 43, 46, 50, 56, 59 e 73 anos de idade, sexo feminino e 07 (sete) casos de 04, 17, 34, 38, 40, 56 e 81 anos de idade, sexo masculino. Foram orientados a realizar o isolamento domiciliar e estão sendo monitorados pela equipe de Vigilância em Saúde e Unidades Básicas de Saúde do Município.

Totalizamos até esta data 17 (dezessete) pacientes internos, sendo 08 (oito) pacientes no Hospital de Clínicas e 05 (cinco) pacientes do Hospital Pedro I, em Campina Grande, 02 (dois) pacientes no Hospital da Unimed, 01 (um) paciente no Hospital Clementino Fraga e 01 (um) paciente na Maternidade Frei Damião, em João Pessoa.

Atestamos que nesta data não foi registrado nenhum novo caso recuperado, totalizando 3632 casos recuperados da COVID-19.

Reforçamos a importância de toda população seguir as orientações do distanciamento social, o uso de máscaras, a higienização das mãos com álcool 70% e demais medidas apresentadas pela Secretaria de Saúde.

Um condutor do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi esfaqueado por um assaltante, na madrugada deste domingo (13), enquanto prestava socorro a uma mulher sob risco de aborto. O caso aconteceu no Novo Geisel.

Em nota, a Prefeitura de João Pessoa informou que, além do condutor, estavam na ambulância uma enfermeira, a paciente e o marido dela. O criminoso se aproximou e anunciou o assalto. Ele esfaqueou o condutor da ambulância e roubou a pochete do marido da paciente, além de uma bolsa de primeiros socorros do Samu, contendo um oxímetro, termômetro infravermelho, glicosímetro e um tensiômetro.

Até o fechamento desta matéria, o assaltante não havia sido preso, nem identificado.

Mesmo diante do ocorrido, a prestação do socorro à gestante foi concluída e ela levada para uma maternidade para receber o atendimento necessário. O condutor da ambulância recebeu atendimento em um hospital particular e já teve alta.

“A Prefeitura de João Pessoa repudia qualquer tipo de violência. E, ainda mais, quando praticada contra alguém que dedica a sua vida para salvar a dos outros e num momento de seu exercício profissional. Com a graça de Deus, o ferimento não foi fatal e o condutor do Samu vai se recuperar desse ataque. Renovamos o compromisso com a vida e o cuidar das pessoas, e vamos continuar buscando a punição do responsável por essa violência”, escreveu a PMJP, em nota à imprensa.

A Secretaria Municipal de Saúde lamentou o ocorrido e disse que está prestando apoio às vítimas. Um boletim de ocorrência foi registrado e a Polícia Civil já iniciou as investigações.

A Secretaria municipal de saúde confirmou que o município registrou oito novos casos de coronavírus (Covid).

A Secretaria informa que o município possuí, 1061 casos descartados, 32 casos em investigação, 251 casos confirmados, 192 casos recuperados, 57 casos ativos e 02 óbitos no município.

A Secretaria de Saúde avisa que ao sair de casa use máscara, evite aglomerações, mantenha o distanciamento social, use álcool em gel ou sabão. Siga as orientações dos órgãos de saúde.

Neste sábado (12), por volta das 10h30min, durante rondas no bairro Limeirão, em Serra Branca, uma das guarnições se deparou com uma motocicleta com sinais de adulteração.

Após a devida abordagem veicular e consulta, foi possível constatar que a placa e o chassi do veículo não coincidiram, além de que o veículo estava com restrição de Roubo ou furto. Dessa maneira, a motocicleta bem como sua condutora foram encaminhamos à Delegacia de Polícia para realização das medidas cabíveis.

Nota Informativa
Atualizada em 12-06-2021

A Secretaria Municipal de Saúde de Monteiro informa que neste Sábado, 12, tivemos mais 108 novos casos CONFIRMADOS para COVID-19.

Sendo 59 (cinquenta e nove) casos de 09 meses, 01, 07, 08, 12, 14, dois pacientes de 15 anos, dois pacientes de 17 anos, dois pacientes de 19 anos, dois pacientes de 21 anos, dois pacientes de 22 anos, 23, dois pacientes de 24 anos, 29, 31, 33, dois pacientes de 34 anos, dois pacientes de 35 anos, dois pacientes de 37 anos, 39, três pacientes de 40 anos, dois pacientes de 42 anos, três pacientes de 43 anos, 44, 45, 46, dois pacientes de 48 anos, dois pacientes de 50 anos, 52, 53, 55, dois pacientes de 57 anos, 58, dois pacientes de 59 anos, 62, 66, 70, 75, 79, 81 e 86 anos de idade, sexo feminino e 49 (quarenta e nove) casos de 08, 09, dois pacientes de 10 anos,  dois pacientes de 11 anos, 13, dois pacientes de 14 anos, 15, dois pacientes de 16 anos, 18, 19, 21, 22, 24, 25, 27, dois pacientes de 29 anos, 32, 34, três pacientes de 37 anos, três pacientes de 38 anos, 39,  dois pacientes de 40 anos, dois pacientes de 41 anos, 44, 45,  dois pacientes de 46 anos, 47, 50, 52, 54, 56, 58, dois pacientes de 60 anos, 62, 68 e 85, anos de idade, sexo masculino. Foram orientados a realizar o isolamento domiciliar e estão sendo monitorados pela equipe de Vigilância em Saúde e Unidades Básicas de Saúde do Município.

Foi transferido 01 (uma) paciente 52 anos, sexo masculino, sem comorbidade, acompanhado pela equipe do Hospital Regional Santa Filomena, para hospital Pedro I,  em Campina Grande.

Foi registrado mais dois óbitos por COVID-19, 01 (uma) pacitente 29 anos, sexo feminino, sem comorbidade, estava interna no  Hospital Regional Santa Filomena, e 01 (uma) pacientes 63 anos, sexo feminino, sem comorbidade, estava interna no Hospital de Clínicas, em Campina Grande.

Totalizamos até esta data 17 (dezessete) pacientes internos, sendo 08 (oito) pacientes no Hospital de Clínicas e 05 (cinco) pacientes do Hospital Pedro I, em Campina Grande, 02 (dois) pacientes no Hospital da Unimed, 01 (um) paciente no Hospital Clementino Fraga e 01 (um) paciente na Maternidade Frei Damião, em João Pessoa.

Atestamos que nesta data foram registrados mais 14 (quatorze) novos casos recuperados, totalizando 3632 casos recuperados da COVID-19.

Reforçamos a importância de toda população seguir as orientações do distanciamento social, o uso de máscaras, a higienização das mãos com álcool 70% e demais medidas apresentadas pela Secretaria de Saúde.

A Paraíba tem 213 municípios na bandeira laranja e outros 10 na bandeira vermelha, de acordo com a nova avaliação do Plano Novo Normal, divulgada nesta sábado (12). A situação das novas bandeiras passa a valer no Estado a partir desta segunda-feira (14). O estado segue sem nenhuma cidade na bandeira amarela nem verde.

Conforme a nota técnica divulgada pelo estado, o cenário da nova avaliação mudou muito pouco em comparação com a situação registrada há 15 dias. Na avaliação anterior eram 12 cidades na bandeira vermelha e 211 na laranja.

Conforme as listas divulgadas, apenas as cidades de Gurjão, Vista Serrana e Sapé deixaram de estar classificadas na bandeira vermelha e passaram para a laranja. Já o município de Santa Inês, que estava na bandeira laranja, passou a ser classificado na bandeira vermelha.

Percentualmente, a nova avaliação mostra que 95% das cidades estão na bandeira laranja e 5% na vermelha. Pela terceira vez ao longo de todo o ciclo de avaliações, não há nenhuma cidade com bandeira amarela na Paraíba.

O Plano Novo Normal é a matriz de orientação do estado para o funcionamento das atividades econômicas, indicando quais segmentos devem funcionar.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), a Paraíba registrou 2.111 novos casos de Covid-19 e 37 mortes em 24 horas. A ocupação de leitos de UTI em todo o estado é de 75%.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, neste sábado (12), 2.111 novos casos de Covid-19, em 24 horas. Entre os confirmados hoje, 66 (3,12%) são casos de pacientes hospitalizados e 2.045 (96,87%) são leves. Agora, a Paraíba totaliza 356.826 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios. Até o momento, 981.582 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

Também foram confirmados 37 novos óbitos, desde a última atualização, sendo 22 nas últimas 24 horas. Os óbitos ocorreram entre os dias 27 de maio e 12 de junho de 2021, sendo 34 em hospitais públicos e três em hospitais privados. Com isso, o estado totaliza 8.095 mortes. O boletim registra ainda um total de 236.186 pacientes recuperados da doença.

Concentração de casos

Cinco municípios concentram 777 novos casos, o que corresponde a 36,80% dos casos registrados neste sábado. São eles: João Pessoa, com 255 novos casos, totalizando 91.478; Campina Grande, com 251 novos casos, totalizando 32.257; Guarabira, com 131 novos casos, totalizando 8.620; Patos, com 70 novos casos, totalizando 12.051 e Solânea, com 70 novos casos, totalizando 3.458.

Óbitos

Até este sábado, 210 cidades paraibanas registraram óbitos por Covid-19. Os 37 óbitos confirmados neste boletim, ocorreram entre residentes dos municípios de Alagoa Grande (02), Cacimbas (01), Campina Grande (05), Cajazeiras (01), Catolé do Rocha (01), Coxixola (01), Guarabira (01), Ingá (01), Itapororoca (01), João Pessoa (05), Monteiro (03), Patos (04), Pilar (01), Pombal (03), Queimadas (01), São João do Cariri (01), São José de Caiana (01), São José da Lagoa Tapada (01), São Miguel de Taipu (01), Sousa (01) e Triunfo (01).

As vítimas são 25 mulheres e 12 homens, com idades entre 28 e 96 anos. Cardiopatia, hipertensão e diabetes foram as comorbidades mais presentes. 16 não tinham comorbidades.

Ocupação de leitos Covid-19

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 75%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 75%. Em Campina Grande, estão ocupados 77% dos leitos de UTI adulto e no sertão 86% dos leitos de UTI para adultos. De acordo com o Centro Estadual de Regulação Hospitalar, 100 pacientes foram internados nas últimas 24h. Ao todo, 965 pacientes estão internados nas unidades de referência.

Cobertura Vacinal

Foi registrado no sistema de informação SI-PNI a aplicação de 1.435.430 doses. Até o momento, 972.558 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 462.872 com a segunda dose da vacina. Um total de 1.849.448 doses já foram distribuídas.

O prefeito de Brejo dos Santos, Lauri Ferreira (PSDB), conhecido como Doutor Lauri, faleceu neste sábado (12), aos 74 anos, vítima da Covid-19. Ele estava internado em um hospital particular de João Pessoa há duas semanas para tratamento contra a doença.

Lauri Ferreira da Costa tinha 74 anos. Era médico e já havia sido prefeito de Brejo dos Santos por seis vezes, além de ter ocupado o cargo de deputado estadual da Paraíba entre 1991 e 1994, sendo um dos maiores líderes políticos da região. Seu pai foi, Lavaldino Luiz da Costa, foi o primeiro prefeito do município. Dr Lauri era casado e deixa esposa, filhos e netos.

“Recebemos com muita tristeza a morte do Dr Lauri, um homem íntegro, que ao longo da vida trabalhou em prol do povo, seja na política ou em sua atuação como médico, profissão que também demonstrava grande zelo. Rogamos a Deus que possa confortar o coração dos familiares por essa perda”, disse o presidente da Famup, George Coelho.

O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) emitiu nota de pesar pelo falecimento do prefeito. “Recebemos a notícia da morte com muita tristeza. Um ser humano único, dos mais raros e distintos que já pude conhecer. Bondoso, íntegro, amigo, afetuoso. De um espírito público incomparável. Um amor por Brejo dos Santos sem medida. Nada conquistava tanto Dr Lauri do que trabalhar por sua terra. Será uma eterna inspiração”, pontuou Pedro.

A deputada estadual Pollyanna Dutra também lamentou a morte do gestor. “Em minha trajetória política, estive próxima do Dr. Lauri quando ocupei o cargo de presidente da Associação dos Municípios do Médio Piranhas, a Asmep. Lá, sempre tivemos uma convivência muito harmoniosa. Juntos, lutamos arduamente pelo municipalismo e por benefícios para o nosso Sertão. Dr. Lauri era um homem de sorriso fácil, que fazia amigos por onde passava. Hoje, não só Brejo dos Santos, mas todo o Sertão lamenta sua partida”, disse.

Na última sexta-feira (12) por volta das 12h40min, a polícia militar foi solicitada para o atendimento de uma ocorrência de violência doméstica, na zona rural de Serra branca.

Ao chegar próximo ao local informado as guarnições visualizaram o acusado em uma motocicleta, dessa maneira foi realizada a abordagem, e durante a busca pessoal foi encontrado com o mesmo um revólver calibre 38, em ato contínuo as guarnições se dirigiram até a residência do mesmo em busca dos documentos dele, ao chegar na residência o proprietário franqueou a entradas dos militares para uma busca e lá foram encontrados mais um revólver calibre .38, uma espingarda de fabricação artesanal, uma cartucheira com diversos calibres de cartuchos. Desse modo, foi dada voz de prisão ao acusado e conduzido até a delegacia de polícia.

Após interditar uma chácara na zona rural de Monteiro no início da tarde da última sexta-feira, 11, a equipe da Vigilância Sanitária, com o apoio da Polícia Militar voltou a interditar mais dois imóveis neste sábado, 12.

As ocorrências ocorreram na comunidade rural dos Bredos, aonde acontecia um evento em uma rinha com “brigas de galos” e funcionamento de ambiente com comercialização de bebidas alcóolicas e aglomerações de pessoas, inclusive de outros estados.

Já no início da noite deste sábado, a equipe da Vigilância em Saúde voltou a receber denúncias de que estaria acontecendo um evento em uma residência no bairro Alto da Serra, com aglomerações, som alto e bebidas alcóolicas.

Ao chegarem ao local a equipe confirmou as denúncias e encerraram o evento.

Os proprietários dos estabelecimentos comerciais e residências flagradas pela equipe da Vigilância em Saúde do município de Monteiro poderão responder por crime de desobediência e serão multados conforme consta o decreto em vigor.

Cumprindo mais um compromisso de campanha, o prefeito Felício Queiroz realizou a instalação de circuito de monitoramento de câmeras de segurança nas principais avenidas e pontos estratégicos no município de São José dos Cordeiros.

Em ação realizada totalmente com recursos próprios, a gestão municipal realizou inicialmente a instalação de 9 câmeras, espalhadas pelas entradas e saídas do município, visando garantir mais segurança à toda população cordeirense.

Uma empresa contratada pela Prefeitura Municipal realizou nos últimos dias as instalações das câmeras nas principais entradas do município à Serra Branca, Taperoá, Livramento e Sumé.

“Em breve, vamos implantar mais benefícios, que se somarão a este na busca por uma cidade mais segura e melhor para se viver”, destacou Felício Queiroz.

Mais Lidas do dia