Na última sexta-feira (05) a prefeitura de Ouro Velho, através da secretaria de agricultura realizou a entrega de sementes aos agricultores cadastrados no garantia-safra 2020/2021.

“As sementes entregues foram de Milho, Capim Sorgo e Feijão, possibilitando ao agricultor alternativas de plantio,” disse o secretário de agricultura Paulo Jorge.

O prefeito Dr Augusto Valadares (DEM) esteve acompanhando a entrega e revelou que mais de 300 agricultores estão beneficiados.

“Mais de 300 agricultores estão sendo beneficiados através da entrega dessas sementes, e prometo que teremos mais novidades para o homem do campo,” falou.

A entrega das sementes ocorreu na sede da Secretaria de Agricultura.

O consumidor, afetado pelo preço da gasolina, também está tendo dificuldades para recorrer ao substituto imediato nos veículos com motor flex. Motivado por uma combinação de entressafra e aumento de demanda, o preço do etanol hidratado acumula aumento de 21,1% desde janeiro, segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP).

O preço médio do litro do combustível saltou de R$ 3,221 para R$ 3,901, conforme o levantamento semanal da ANP. Apesar de ser mais cara que o etanol, a gasolina comum subiu menos: 14,6% de janeiro a março. O preço médio do litro da gasolina no país passou de R$ 4,622 para R$ 5,299.

No atacado, o aumento é ainda maior. Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), o etanol acumula alta de 35% nas usinas do Centro-Sul, a principal região produtora do país.

Dependendo do modelo do veículo, o etanol torna-se vantajoso quando custa até ou menos que 75% do valor da gasolina. Segundo o levantamento da ANP, somente seis estados atingiram essa proporção na primeira semana de março: Goiás (68,9%), Mato Grosso (69,3%), Minas Gerais (72,8%), Amazonas (74,4%), Mato Grosso do Sul (74,7%) e Sergipe (74,9%).

Em alguns estados, o preço do etanol quase se iguala ao da gasolina. As maiores proporções foram registradas no Amapá (93,9%), Rio Grande do Sul (91%), em Santa Catarina (85,9%) e no Pará (83%).

Demanda e oferta

Mesmo com o etanol sendo desvantajoso na maioria dos estados, a demanda pelo substituto da gasolina está aumentando. De acordo com a edição mais recente do Boletim de Monitoramento Covid-19, do Ministério de Minas e Energia, o consumo de gasolina em 2021, até 23 de fevereiro, tinha caído 4,1% em relação ao mesmo período do ano passado. Em contrapartida, o consumo de etanol hidratado subiu 6,1% na mesma comparação.

À demanda maior do etanol, somam-se fatores ligados à safra de cana-de-açúcar. A tradicional entressafra, no início do ano, encarece o etanol no primeiro quadrimestre. Neste ano, porém, a oferta continuará baixa por mais tempo.

Segundo a União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Única), a safra deste ano deve atrasar por causa da estiagem no segundo semestre do ano passado no Centro-Sul. Com menos chuva na primavera, as plantações de cana estão levando mais tempo para se desenvolver, fazendo parte das usinas adiar a colheita que costuma ocorrer no início de abril.

Durante a entressafra, a produção de etanol de milho costuma substituir o combustível proveniente da cana-de-açúcar. O ritmo, no entanto, é insuficiente para repor a oferta. Até a metade de fevereiro, conforme o levantamento mais recente da Única, a produção de etanol acumulava 29,68 bilhões de litros, queda de 8,54% sobre os 32,45 bilhões de litros obtidos no mesmo período na safra 2019/2020.

Foi divulgada neste sábado (6) a 20ª avaliação do Plano Novo Normal Paraiba (PNNPB). Ela aponta 95% (211) dos municípios paraibanos encontram-se em bandeira laranja; 4% (8 municípios) figuram em bandeira vermelha e apenas 4 municípios da Paraíba na bandeira amarela.

A avaliação mostra uma redução de 97% em relação à avaliação anterior na bandeira amarela, a menor participação desta bandeira desde o início dos ciclos avaliativos do PNNPB.

As novas bandeiras passam a vigorar nos 223 municípios paraibanos a partir desta segunda (8).

A avaliação quinzenal acontece desde junho de 2020 e utiliza como base indicadores como quantidade de casos de Covid-19, mortalidade, índice de adesão ao isolamento social e ocupação de leitos hospitalares. A avaliação em cores varia do vermelho ao verde, onde o vermelho é a mobilidade impedida e verde mobilidade livre.

O prefeito interino de Camalaú, Bira Mariano, confirmou, na noite desta quinta-feira, 04, a participação de Camalaú no consórcio público nacional para a compra de vacina contra a covid-19.

Bira assinou o Protocolo de Intenções manifestando interesse em incluir a cidade de Camalaú no grupo.

O prefeito lembrou que além de viabilizar a aquisição de vacinas, o consórcio terá como objetivo facilitar a compra de insumos, medicamentos e equipamentos. A previsão é que o consórcio seja instituído até o final de março.

A assinatura do Protocolo de Intenções é um gesto muito importante. Ele concretiza a nossa intenção em ajudar o Plano Nacional de Imunização. Hoje, demos o primeiro passo. O que for necessário para imunizar nossa população, o governo municipal irá fazer”, comentou.

Ao assinar o documento, o prefeito de Camalaú reiterou que a constituição do consórcio público não é “para competir com os governos federal e estaduais”.

“Essa é uma ideia de somação de esforços. Estamos dando as mãos para combater o coronavírus. Acredito nessa união e é preciso que, acima de tudo, nós, municípios, tenhamos as vacinas para avançarmos cada vez mais. O que queremos é ajudar porque somente com a vacina derrotaremos esse vírus”, reforçou.

A Paraíba está muito próxima de um colapso em seu sistema de saúde público e privado e o aumento no número de leitos contra Covid-19 não está sendo suficiente para diminuir a taxa de ocupação nas unidades de terapia intensiva dos hospitais. O alerta é do Conselho Regional de Medicina da Paraíba, que realizou nesta sexta-feira (5) um censo hospitalar em 19 hospitais de referência existentes em território paraibano para o combate ao coronavírus.

As situações mais críticas estão na Região Metropolitana de João Pessoa e no Sertão da Paraíba. Em ambas as regiões, o índice de ocupação está acima de 90%.

Em João Pessoa, por exemplo, são 240 leitos de UTI Covid abertos atualmente. Apenas nos últimos 15 dias, houve um aumento de 41%, mas a alta no número de internações registradas no mesmo período manteve o quadro crítico. Desses 240 leitos, apenas 16 ainda estavam disponíveis nesta sexta-feira (5), o que indica uma ocupação de 93%.

“Estamos vivenciando uma iminência de colapso da rede pública e privada na Região Metropolitana de João Pessoa”, afirmou Bruno Leandro de Souza, que integra a Comissão de Enfrentamento ao Coronavírus do CRM-PB.

Bruno explicou que, nos últimos 15 dias, foram 50 novos leitos abertos na rede pública e 15 na rede privada da cidade. Foram 40 novos leitos no Hospital Santa Isabel, sete no Hospital Metropolitano, três no Hospital Universitário Lauro Wanderley, 10 no Hospital da Unimed e cinco no Nossa Senhora das Neves.

A situação também é grave no Sertão. No índice geral, a ocupação de UTIs na região é de 85%, mas a Unidade de Pronto Atendimento de Cajazeiras e o Hospital Regional de Pombal já são dois locais que não têm mais vagas disponíveis, funcionando com 100% de ocupação.

Além disso, os hospitais regionais de Patos e de Cajazeiras estão com 92% de ocupação cada. Apenas o Hospital Regional de Piancó, com 38% de ocupação em seus leitos de UTI, que joga a média um pouco para baixo.

Em números absolutos, do total de 55 leitos de UTI disponíveis no Sertão, 47 estavam ocupados, restando apenas oito para novas internações, sendo dois em Patos, um em Cajazeiras e cinco em Piancó.

A região de Campina Grande, conforme o censo do CRM-PB, é a única que está numa situação um pouco melhor, mas longe de estar tranquila. No momento atual, a taxa geral de ocupação de leitos de UTI está em 59%. Nos últimos 15 dias, foram instalados na cidade 30 novos leitos, no Hospital de Clínicas, que chegou a funcionar com 100% de ocupação.

O CRM da Paraíba alerta, no entanto, que, embora a taxa de ocupação de Campina Grande esteja menor que em João Pessoa e no Sertão, o número de internações na cidade vem crescendo, o que pode representar problemas num futuro bem próximo.

Vale registrar que os números do CRM são um pouco diferentes daqueles apresentados na mesma data pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), que no balanço desta sexta-feira (5) falou em taxa de ocupação de 88% em João Pessoa, 90% no Sertão e 68% em Campina Grande.

A assessoria de imprensa da SES informou que essas diferenças são normais por causa da alta rotatividade, provocada por altas e mortes de um lado (que abrem novas vagas) e por internações de outro (que ocupam os leitos).

Isso significa que o fechamento do balanço um pouco mais cedo ou um pouco mais tarde pode provocar algumas diferenças, mas que isso não muda o fato de que o estado está próximo de sua capacidade de atendimento.

Um homem de 35 anos e a namorada dele, de 27, naturais de Serra Branca e Sumé respectivamente, foram detidos com 20,4 Kg de maconha, na BR-110, em Sertânia, no Sertão de Pernambuco. A prisão foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na manhã desta sexta-feira (5). A droga foi apreendida no porta-malas de um carro.

Segundo a PRF, o flagrante foi realizado durante a abordagem a um automóvel com placas do Rio de Janeiro. Os ocupantes do veículo aparentavam nervosismo e chamaram a atenção dos policiais, que realizaram uma busca no compartimento de carga, até encontrar a maconha embalada em sacos plásticos.

A passageira disse que não sabia o que era transportado no carro, mas o motorista admitiu que havia pego a maconha no Sertão do Estado e iria realizar a entrega em Garanhuns, no Agreste. Eles foram levados junto com a droga à Delegacia de Polícia Civil de Arcoverde.

Um jacaré foi encontrado, na noite dessa sexta-feira (6), no estacionamento do Hospital de Emergencial e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa. Em vídeo encaminhando por usuários da unidade hospitalar ao Sistema Arapuan de Comunicação, o animal aparece escondido atrás de um aparelho condicionador de ar.

Segundo o Batalhão da Polícia Ambiental (BPAmb), o aparecimento desse tipo de animal é comum devido as alternâncias de clima por terem o “sangue frio” e não serem capazes de regular a temperatura de seu próprio corpo.

O governador João Azevêdo assinou nesta sexta-feira, 5, o decreto nº 41.068, decretando Luto Oficial por três dias em sinal de respeitoso pesar pelo falecimento do ex-senador e ex-vice-governador da Paraíba, José Carlos da Silva Júnior.

O decreto é justificado pelos relevantes serviços e sua trajetória na vida política da Paraíba, bem como na atividade empresarial em diversas áreas que o caracterizam como referência de competência e liderança.

Segundo o decreto, os pavilhões nacionais e estaduais, devem ser hasteados à meia-verga em todos os estabelecimentos públicos estaduais, da administração direta e indireta, durante os três dias do luto oficial.

De acordo com informações, o condutor do veículo de passeio colidiu fortemente o carro que conduzia contra a traseira do caminhão que trafegava na BR-412, próximo ao trevo que dá acesso ao município do Congo. Felizmente ninguém ficou ferido.

O motorista do carro apresentava sinais visíveis de que havia ingerido bebida alcoólica, foi encaminhado à delegacia, onde foram adotadas as medidas cabíveis ao caso.

O nome do condutor do veículo de passeio não foi divulgado.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta sexta (05), 864 casos de Covid- 19. Entre os confirmados hoje, 126 (14,58%) são casos de pacientes hospitalizados e 738 (85,42%) são leves. Agora, a Paraíba totaliza 226.536 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios. Até o momento, 668.086 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

Também foram confirmados 20 novos óbitos desde a última atualização, sendo 16 deles nas últimas 24h. Os óbitos ocorreram entre os dias 18 de fevereiro e 05 de março de 2021, sendo 04 deles em hospitais privados, um em residência e os demais em hospitais públicos. Com isso, o estado totaliza 4.632 mortes. O boletim registra ainda um total de 165.016 pacientes recuperados da doença.

Concentração de casos

Cinco municípios concentram 406 novos casos, o que corresponde a 47% dos casos registrados nesta sexta. São eles: João Pessoa, com 270 novos casos, totalizando 60.427; Campina Grande, com 51 novos casos, totalizando 20.898; Cajazeiras, com 30 novos casos, totalizando 4.938; Aroeiras, com 29 novos casos, totalizando 590; Santa Rita, com 26 novos casos, totalizando 5.493.

* Dados oficiais preliminares (fonte: e-sus VE, Sivep Gripe e SIM) extraídos às 10h do dia 05/03/2021, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

Óbitos

Até esta sexta, 206 cidades paraibanas registraram óbitos por Covid-19. Os 20 óbitos confirmados neste boletim ocorreram entre residentes dos municípios de Bayeux (1), Cabedelo (1), Cachoeira dos Índios (1), Cajazeiras (1), Campina Grande (1), João Pessoa (11), Mamanguape (1), Patos (1), Picuí (1) e Soledade (1). As vítimas são 10 homens e 10 mulheres, com idades entre 39 e 98 anos. Hipertensão foi a comorbidade mais frequente e três não tinham comorbidades.

Ocupação de leitos Covid-19

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 75%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 88%. Em Campina Grande estão ocupados 68% dos leitos de UTI adulto e no sertão 90% dos leitos de UTI para adultos. De acordo com o Centro estadual de regulação hospitalar, 71 pacientes foram internados nas últimas 24h.

Cobertura Vacinal

Foi registrado no sistema de informação SI-PNI a aplicação de 177.720 doses. Até o momento, 130.184 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 47.536 com a segunda dose da vacina.

Os dados epidemiológicos com informações sobre todos os municípios e ocupação de leitos estão disponíveis em: www.paraiba.pb.gov.br/coronavirus

Policiais da Décima Quarta Delegacia Seccional de Polícia Civil localizaram e prenderam na cidade de São João do Cariri, Luciano de Gouveia, acusado pelo assassinato por estrangulamento de sua companheira, no Rio de Janeiro, utilizando um fio de carregador de celular.

A ação da Polícia para localizar e prender o acusado foi coordenada pelo Delegado Seccional Dr Jorge Luiz Almeida da Silva, com a participação de Policiais Civis do Grupo Tático Especial – GTE de Sumé e São João do Cariri.

Luciano foi localizado na residência de seu avô, possivelmente pronto para sair da cidade.

Ainda de acordo com informações, o acusado é fugitivo da Cadeia Pública de Serra Branca, Luciano é também acusado por estupro de vulnerável na Paraíba.

Para o Delegado Seccional Dr Jorge Luiz, a troca de informações com a Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro foi de fundamental importância para a êxito da operação. Dr Jorge destaca que as informações foram lapidados pelos investigadores Paraibanos, tornando possível a prisão do acusado.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta amarelo de chuvas intensas, para 79 cidades da Paraíba, nesta sexta-feira (5). O aviso começou a valer às 11h desta sexta-feira (5) e dura até as 11h de sábado (6).

Segundo o Inmet, o alerta indica a possibilidade de chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia. A notificação aponta ainda ventos intensos entre 40 e 60 km/h, mas com baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Em caso de rajadas de vento, o Inmet orienta para que a população não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda, além de evitar usar aparelhos eletrônicos ligados na tomada.

O órgão orienta que as pessoas entrem em contato com a Defesa Civil, por meio do número 199, e com o Corpo de Bombeiros, por meio do número 193, caso haja qualquer problema.

Confira cidades com alerta amarelo de chuvas intensas

Aguiar

Aparecida

Belém Do Brejo Do Cruz

Bernardino Batista

Boa Ventura

Bom Jesus

Bom Sucesso

Bonito De Santa Fé

Brejo Do Cruz

Brejo Dos Santos

Cachoeira Dos Índios

Cacimba De Areia

Cajazeiras

Cajazeirinhas

Carrapateira

Catingueira

Catolé Do Rocha

Conceição

Condado

Coremas

Curral Velho

Diamante

Emas

Ibiara

Igaracy

Imaculada

Itaporanga

Jericó

Joca Claudino

Juru

Lagoa

Lastro

Malta

Manaíra

Marizópolis

Mato Grosso

Monte Horebe

Mãe D’Água

Nazarezinho

Nova Olinda

Olho D’Água

Patos

Paulista

Pedra Branca

Piancó

Pombal

Poço Dantas

Poço De José De Moura

Princesa Isabel

Quixabá

Riacho Dos Cavalos

Santa Cruz

Santa Helena

Santa Inês

Santa Teresinha

Santana De Mangueira

Santana Dos Garrotes

Serra Grande

Sousa

São Bentinho

São Bento

São Domingos

São Francisco

São José Da Lagoa Tapada

São José De Caiana

São José De Espinharas

São José De Piranhas

São José De Princesa

São José Do Bonfim

São José Do Brejo Do Cruz

São João Do Rio Do Peixe

São Mamede

Tavares

Triunfo

Uiraúna

Vieirópolis

Vista Serrana

Várzea

Água Branca

Na manhã desta sexta-feira, 05, a prefeita Anna Lorena assinou o Decreto N. 1.213 que dispõe sobre as novas normas para prevenção do Coronavírus no município de Monteiro, que passa a vigorar nesta mesma data.

De acordo com as novas decisões, ficam suspensos no município eventos, de qualquer natureza; Atividades coletivas em ambiente fechado; Casas de festas, eventos e parques de diversões. As Reunião de associações, cooperativas e outras atividades similares serão permitidas reuniões respeitando a capacidade máxima de 30% do local.No tocante às repartições públicas, fica mantida a jornada de trabalho dos  servidores públicos municipais das 07 às 13h. O açougue público passará a funcionar com a entrada limitada de no máximo 15 pessoas por vez; na feira  livre e no interior do Mercado Público Municipal passa a ser autorizada, condicionada ao uso de máscara de todos os frequentadores e sendo vedada a comercialização e consumo de bebidas alcoólicas, Inaugurações são permitidas, sendo estritamente obrigatório o seguimento das normas de distanciamento social e o uso obrigatório de máscaras.

Poderão funcionar, observados os protocolos de funcionamento específicos de cada setor, o uso obrigatório de máscaras e de álcool em gel 70%, os seguintes segmentos: Salões de beleza, barbearias, escritórios de advocacia e de contabilidade, e demais estabelecimentos de serviço pessoal, atendendo exclusivamente por agendamento prévio e sem aglomeração de pessoas nas suas dependências e observando todas as normas de distanciamento social.

As missas, cultos e demais cerimônias religiosas poderão ser realizadas online, bem como por meio de sistema de drive-in,e nas sedes das igrejas e templos com ocupação máxima de 30% da capacidade e observando todas as normas de distanciamento social.

Os restaurantes, pizzarias, lanchonetes e bares, observando todas as normas de distanciamento social, com ocupação máxima de 30% (trinta por cento) da capacidade até as 19h, e após esse horário, poderá funcionar apenas através de “delivery”.

Estabelecimentos que prestam atendimentos à saúde humana e animal também estão autorizados a funcionar, bem como estabelecimentos de comercialização alimentícia, Agências e correspondentes bancários poderão atuar observando as seguintes condições:

Providenciar máscaras de proteção para todos os funcionários no interior do estabelecimento e exigir dos clientes e/ou consumidores o uso; O número de clientes e/ou consumidores no interior do estabelecimento deverá ser controlado de modo a ser limitado na proporção máxima de 1 pessoas para cada 2 m² de área construída do imóvel; Deverá ser mantido pelo menos um funcionário identificado na entrada do estabelecimento com a atribuição para organização das filas externas, bem como orientação de se respeitar a distância mínima de 2 (dois) metros entre as pessoas;

Fica ainda recomendado o uso de máscaras de proteção para todas as pessoas que circularem pelas ruas e avenidas da cidade.

O descumprimento das medidas previstas neste Decreto sujeitará os infratores às sanções administrativas, inclusive multas e suspensão ou cassação do Alvará de Funcionamento e demais sanções previstas na legislação em vigor.

O Decreto pode ser conferido na íntegra através deste link

Ate o final da manhã desta sexta-feira (5), 99 prefeitos paraibanos manifestaram intenção de compor consórcio da Frente Nacional de Prefeitos para compra de vacinas contra Covid-19. O numero corresponde a 44,3% das prefeituras paraibanas. O prazo para adesões foi encerrado meio-dia de hoje.

Entre os municípios interessados estão João Pessoa, Campina Grande, Patos, Sousa, Guarabira, Cabedelo, Cajazeiras. Adquirindo as vacinas os gestores pretendem acelerar a imunização da população contra a Covid-19.

O presidente da Frente, Jonas Donizette, anunciou que a entidade vai produzir um modelo de projeto de lei para os prefeitos enviarem às câmaras de vereadores. A expectativa é que o consórcio saia do papel ainda este mês.

Sobre a origem de verbas para o consórcio, o presidente da Frente Nacional de Prefeitos, Jonas Donizette, afirmou que existem três possibilidades. A primeira é conseguir o dinheiro com o governo federal; a segunda é que organismos internacionais financiem a compra de vacinas e insumos; e a terceira origem de recursos poderia ser a partir de uma articulação de investidores brasileiros, liderados pela empresária Luiza Trajano, para levantar verbas no setor privado.

A primeira semana de março foi extremamente produtiva para a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente com a chegada das chuvas, já que este é considerado o período mais intenso do inverno na região. Sendo assim, a secretaria intensificou todos os serviços prestados, bem como o atendimento aos agricultores e moradores da zona rural.

ESTRADAS

Um dos serviços mais solicitados e necessários neste período são as recuperações de estradas.

Foram realizados serviços de recuperação total, nas comunidades de Espírito Santo, Picos, Serra Branca, Samambaia e também a terraplanagem de todo o terreno do bairro do Alto da Serra.

Também foi dado início à recuperação das estradas do Garapa e do Tamanduá

CATAVENTOS

A equipe de conserto de cataventos esteve realizando atendimentos nas comunidades de Pau D’Arco, Santana, e também na Samambaia

CARROS PIPA

O atendimento de carros pipa, que está sendo ampliado no decorrer da primeira para a segunda gestão da prefeita Anna Lorena, foi realizado para dezenas de famílias em diversas comunidades a exemplo de Gameleira, Morcego, Santa Catarina, Lagoa, Batizar, Ribeira, Vila Joca Henrique, Fazenda Nova, Riacho da Cruz, Ruzil, Espírito Santo, Mulungu, Riacho Verde, Curupaiti, Cidade Madura, Pitombeira, na Caixa da Manzuá e Conjunto Mutirão.

ARAÇÃO DE TERRAS E INCENTIVO AO RESGATE DA CULTURA DO ALGODÃO

Uma das ações que o secretário municipal Chôva mais destacou nesta primeira semana de março, foi o apoio total que a gestão municipal está dando ao retorno do cultivo da cultura do algodão.

Esta semana foi realizada a aração de terras na Vila Lafayette, onde a produção do algodão colorido já é uma prazerosa realidade, além das comunidades do Garapa e Lagoa Grande.

“Esta é a determinação da gestão municipal e o nosso objetivo maior desde que assumimos o comando desta valorosa equipe da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, auxiliar os homens e mulheres do campo e trabalhar diuturnamente para oferecer uma demanda cada vez maior de serviços aos agricultores e moradores da nossa extensa e querida zona rural”, frisou o secretário Chôva

Além de todos estes serviços ainda foi realizado o conserto de uma eletrobomba na comunidade de Santa  Catarina e também no escritório da Secretaria, o tradicional atendimento ao público.

Mais Lidas do dia