Dois homens foram presos, nesta sexta-feira (24), suspeitos de participar da morte de um homem que foi encontrado carbonizado dentro de um carro nas primeiras horas da manhã no Sítio Serra do Fogo, na zona rural do município de Zabelê, no Cariri Paraibano.

Uma ação rápida das polícias Civil e Militar, culminou na prisão de dois jovens um de 19 e outro de 22 anos. Os acusados se encontram, na delegacia de Polícia de Monteiro, sendo ouvidos pelo delegado de plantão.

Ainda não foram divulgadas informações, sobre detalhes do crime e a motivação.

O Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB) informou que já instaurou “procedimento para investigar o acidente ocorrido em mina de caulim, no município de Salgadinho, interior da Paraíba. Dois operários morreram após ficarem soterrados sobre os escombros da mina, nesta última quinta-feira (23).

Sobre a hipótese de ilegalidade no funcionamento da mina, o MPT-PB declarou que ainda é cedo para afirmar, pois o procedimento investigatório foi instaurado hoje.

O Corpo de Bombeiros retirou um dos trabalhadores de uma área de difícil acesso na mina. Além do trabalhador retirado pelos bombeiros, outro homem que também trabalhava no local foi retirado por colegas. Ambos não resistiram aos ferimentos e morreram.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o resgate do corpo do desaparecido nos escombros foi feito “através de técnicas de bisca em estruturas colapsadas e o auxílio de maquinário pesado.”

“Ao chegar no local, foi constatada a informação, diagnosticado que a área ainda oferecia perigo, mas que das duas pessoas que foram atingidas diretamente, uma havia sido socorrida pelos companheiros de trabalho e a segunda estava sob o material”, informou o Corpo de Bombeiros da Paraíba.

A mina de caulim fica localizada em São José da Batalha, na zona rural do município de Salgadinho. Houve a queda de uma ‘banqueta’ de caulim sobre os trabalhadores que trabalhavam na extração do caulim.

Na tarde desta quinta-feira (23), a Polícia Militar, recuperou, na cidade de Boqueirão, uma motocicleta com restrição de roubo/furto.

Policiais Militares pertencentes à Força Tática da 3ª CIPM realizavam rondas no centro da cidade quando visualizaram uma moto com indícios de estar fora dos padrões legais.

Ao proceder a análise minuciosa dos elementos do veículo, os policiais descobriram que se tratava de uma motocicleta com restrição de roubo.

Uma suspeito e a motocicleta foram conduzidos à Delegacia de Boqueirão para a realização dos procedimentos legais cabíveis.

Na noite desta quinta-feira (23/09) a Câmara Municipal de Vereadores concedeu Moção de Aplauso a Dra. Aline Ferreira de Carvalho em reconhecimento aos relevantes serviços prestados na assistência à saúde de população de Ouro Velho.

A homenagem foi proposta pela vereadora Zilma Bernardes, sendo aprovada por unanimidade dos vereadores.

Natural de São José do Egito/PE, porém, muito tempo erradicada na Paraíba, Dra. Aline é a atual Diretora Geral de Núcleo de Enfermagem do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

Estiveram presentes a solenidade de homenagem o Prefeito Dr. Augusto Valadares, vice-prefeito Paulo Júnior, o médico e líder político Dr. Junior, todos os vereadores, secretários municipais e parentes da homenageada.

O prefeito de Camaláu, Bira Mariano, esteve nesta quinta-feira (23) no Distrito do Pindurão, participando de ações alusivas ao setembro amarelo. O evento ocorreu em frente a unidade de saúde do PSF 1.

O evento foi aberto pela mestre de cerimônia Vitória, que chamou o secretário Onofre Galvão para dar as boas vindas a toda população.

Em seguida falou o prefeito Bira, que mostrou a importância do setembro amarelo.

Logo após a fala do prefeito, aconteceu uma palestra ministrada pelo psicólogo Gabriel Rolim.

Ao final da palestra, foi servido um lanche para todos os presentes.

O evento foi muito bem organizado por toda equipe que faz a saúde do município de Camalaú.

O município de São José dos Cordeiros foi classificado no novo edital do Programa do Paraibatec e será contemplado com cursos profissionalizantes voltados para Porteiro, Vigia e Pedreiro.

Os cursos profissionalizantes terão uma duração de 03 meses e terá seu início previsto para o mês de novembro deste ano. Os editais para composição de equipe e seleção de professores serão lançados em breve, assim como a abertura de inscrições para os alunos interessados deverão serem divulgados logo em breve.

O programa Paraibatec foi instituído através da Lei Estadual n° 10.700, de 31 de maio de 2016 e tem por finalidade formar jovens, adultos e profissionais em cursos de educação profissional e tecnológica na rede de ensino do Governo do Estado da Paraíba, contribuindo e propiciando a interação entre as escolas da rede estadual de educação básica com a comunidade e os arranjos produtivos locais.

O prefeito Felício Queiroz destacou que desde o início de sua gestão, vem se empenhando ao máximo para trazer melhorias São José dos Cordeiros e na educação além de obras e benefícios, vai investir bastante na profissionalização de jovens e adultos, qualificando a mão de obra local para o mercado de trabalho.

Nota Informativa
Atualizada em 23-09-2021

A Secretaria Municipal de Saúde de Monteiro informa que nesta Quinta feira 23, tivemos 01 novo caso CONFIRMADO para COVID-19.

Sendo 01 (um) caso de 11  meses de idade, sexo masculino. Foi orientado a realizar o isolamento domiciliar e está sendo monitorado pela equipe de Vigilância em Saúde e Unidades Básicas de Saúde do Município

No Hospital Regional Santa Filomena, estão internos no dia de hoje:
00 pacientes na enfermaria para COVID 19
02 pacientes na UTI

Atestamos que nesta data não foi registrado nenhum novo caso recuperado, totalizando 4773, casos recuperados da COVID-19.

Reforçamos a importância de toda população seguir as orientações do distanciamento social, o uso de máscaras, a higienização das mãos com álcool 70% e demais medidas apresentadas pela Secretaria de Saúde.

O governador João Azevêdo (Cidadania) mandou um recado nesta quinta-feira (23) aos partidos aliados que pretendam disputar o governo nas eleições 2022.

Em entrevista à Rádio 98 FM, em João Pessoa, o gestor disse que respeita e não vai interferir nas definições partidárias, mas sugeriu que quem não estiver alinhado a seu projeto político deixe o governo. O gestor foi questionado sobre recente sugestão do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, de uma pré-candidatura da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) ao governo no próximo ano.

“Eu respeito a autonomia dos partidos, principalmente dos que estão na base. Na vida, todos nós sabemos que as nossas decisões levam a ônus e bônus, tem consequências. Se você imaginar que um partido, seja o da vice-governadora (Lígia Feliciano) ou de qualquer outro da base que queria pela independência, que tem o partido lançar outro projeto, naturalmente essas pessoas vão procurar o seu caminho”, argumentou o chefe do Poder Executivo estadual.

Ainda falando do assunto, o político soltou indiretas ao afirmar que tem pessoas que estão “acostumadas a interferências” coisa que ele não fará “aos partidos dos outros”.

“As pessoas têm autonomia para tocar os seus projetos e, evidentemente, se eu achar que vai afetar o que estamos desenvolvendo essas pessoas estão fora do governo”, enfatizou.

João também falou dos projetos individuais dentro de seu projeto como a tentativa de viabilização de pré-candidaturas para outras vagas na chapa majoritária como senador e vice-governador. Ele considerou natural essa a disputa, mas salientou que “nenhum tem aval do governador”.

Com MaisPB

Mantendo suas características românticas nas letras e sempre inovando, a banda Magníficos lançará nesta sexta-feira (24), às 11h, a música: “NUNCA DEIXOU DE SER EU”, dos compositores: Shylton Fernandes / Talles Medina / Saymon Marques. Essa nova música tem a participação especial de Luan Estilizado e vem com uma mistura do xote tradicional e uma batida moderna.

Durante a viagem, a gestora esteve acompanhada do deputado federal Wellington Roberto a fim de garantir recursos para beneficiar o município de Monteiro. No FNDE puderam tratar das demandas das creches do bairro do Mutirão e Alto da Serra, além de solicitar mais equipamentos para as escolas da rede municipal de ensino.

Já em visita a Funasa, Anna Lorena pediu agilidade na liberação dos recursos de diversos convênios já firmados.

Ainda visando benefícios Anna Lorena e Wellington Roberto ainda visitaram o Ministério do Desenvolvimento Regional – MDR visando angariar mais recursos de pavimentação e outros serviços e ações.

“Mais uma visita a Brasília em que podemos comemorar bons frutos que vem pela frente. Agradeço sempre a parceria com o deputado Wellington Roberto que sempre nos ajuda buscando mais recursos para Monteiro. Em breve divulgaremos novidades”, informou ainda a prefeita Anna Lorena,  que já está  retornando para o município caririzeiro.

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) debateu, nesta quinta-feira (23), com secretários de Estados a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 35/2021, que cria a Polícia Penal Estadual. A sessão especial, que aconteceu através de videoconferência, foi proposta pelo deputado Wallber Virgolino e contou com a participação do presidente da Casa de Epitácio Pessoa, Adriano Galdino, e dos deputados Bosco Carneiro, Janduhy Carneiro, Jane Panta, João Gonçalves, Tovar Correia Lima e Wilson Filho.

O presidente Adriano Galdino lembrou que os diálogos referentes a proposta de criação da polícia penal teve início na Assembleia Legislativa em reuniões com lideranças da categoria. Os encaminhamentos, segundo o presidente, foram apresentados ao Poder Executivo, que na última semana protocolou junto ao Legislativo em forma de Proposta de Emenda Constitucional. “Levamos esse pleito ao governador João Azevêdo, que foi muito solícito e sensível a causa dos policiais penais. Os avanços da categoria nesse governo são incontestáveis”, ressaltou o presidente. O presidente argumentou ainda que dentro do Legislativo as demandas dos policiais penais sempre encontraram amparo e representantes, a exemplo dos deputados Bosco Carneiro e Wallber Virgolino. No entanto, de acordo com Galdino, foi graças a sensibilidade do governador João Azevêdo que os agentes penitenciários conquistaram melhorias. “O governador João Azevêdo é o grande mentor e devemos a ele todas as congratulações, pois não fosse a sua sensibilidade os policiais penais estariam sofrendo. Nesse governo, a polícia penal foi reconhecida e tratada como merece”, observou o presidente.

De acordo com o autor da propositura, o deputado Wallber, existe a necessidade de debater em conjunto com os Policiais Penais do Estado da Paraíba questões administrativas, a exemplo da implementação do subsídio como remuneração da carreira, a formulação da Lei Orgânica, assim como, a legislação que disciplina o pagamento do serviço extraordinário. Para o parlamentar, tais medidas, além de proporcionar melhores condições para a prática da atividade profissional, com todas suas especificidades, acarretará na melhoria dos serviços prestados por estes profissionais. “Precisamos encontrar soluções, debater com as associações, com os agentes penitenciários para que possamos, de forma mais concreta, superar alguns problemas como a regulamentação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração, a Lei Orgânica, a Bolsa Desempenho, o 13º salário e os plantões extras. Nossa intenção é promover o debate procurando melhorar”.

Ainda segundo o autor da Sessão, a segurança pública passa por momentos difíceis em todo o país, desta forma, é preciso investir em melhores estruturas, assim como, melhorias salariais e condições de trabalho aos servidores. Wallber disse ainda que, através da aprovação da PEC 35/2021, sejam apresentadas melhorias e seguranças salariais. “O policial penal precisa saber da sua real situação para se sentir confortável. Precisamos saber o que há de concreto na PEC que cria a polícia penal”, destacou o parlamentar.

Presente na sessão, o deputado Wilson Filho comemorou as conquistas dos profissionais da segurança pública do Estado, mesmo durante a pandemia, “quando a maioria dos estados voltou a atenção unicamente para abastecer a saúde pública. Acho muito importante reverberar isso, porque nenhum governador conseguiu evoluir tanto para os profissionais penitenciários da Paraíba. Nenhum outro estado conseguiu avançar tanto em tão pouco tempo. O Estado não ficou escondido por trás das cortinas da pandemia. A reunião ressalta, de forma ampla e transparente, o esforço do governo do estado em melhorar as condições de estrutura e remuneração dos profissionais da área”, destacou Wilson.

O secretário da Administração Penitenciária da Paraíba, Sérgio Fonseca, ressaltou que a categoria vem sendo tratada com prioridade pelo Governo do Estado. Entre as iniciativas, ele destacou a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) e a elaboração da Lei Orgânica. “É uma categoria que vem sendo valorizada pelo governador João Azevedo. O governador está acompanhando de perto e tem interesse no bem-estar do servidor. Assim, não tem medido esforços no sentido de regulamentar a Polícia Penal. Nos próximos dias, tenho certeza, a Polícia Penal será uma realidade aqui na Paraíba, após aprovação aqui na Assembleia Legislativa”. Sérgio Fonseca garantiu diálogo aberto com os agentes penitenciários com o intuito de formalizar uma Lei Orgânica com a contribuição da categoria. “Nossa gestão é democrática. Vamos ouvir todos os sindicatos, associações. Precisamos ouvi-los para que não façamos uma lei orgânica sem ouvir essas pessoas. A Polícia Penal está sendo regulamentada para iniciarmos essa discussão”, garantiu o secretário Sérgio Fonseca.

A secretária de Estado da Administração, Jacquelinne Fernandes Gusmão, declarou que o Governo do Estado tem colocado a Segurança Pública como prioridade. O fruto dessa atenção, segundo a secretária, é a evolução nas conquistas obtidas pelos agentes penitenciários na atual gestão. “Entre os anos de 2019 e 2021, além da publicação do PCCR, nós realizamos mais de duas mil progressões horizontais e verticais para estes servidores. Hoje, estamos em outro estágio. O estudo do subsídio já está em fase de conclusão, existe também uma análise interna na Secretaria sobre a Lei Orgânica. Em breve estaremos concluindo tudo isso para mais uma vez a categoria obter mais um avanço”, explicou a secretária.

O deputado Bosco Carneiro parabenizou o Governo do Estado por proporcionar aos agentes penitenciário avanços e conquistas relevantes, a exemplo da aprovação do PCCR da categoria em 2019 e o envio da PEC que cria a Polícia Penal à Assembleia. Bosco lembrou ainda que a Casa de Epitácio Pessoa sempre se mostrou aberta as discussões em prol de melhorias para os agentes penitenciários. “Em 2015, nós entregamos uma carta ao presidente do Congresso Nacional na época, o deputado Eduardo Cunha solicitando que a PEC fosse aprovada na Câmara Federal. Para nossa felicidade e felicidade dos policiais penais a PEC hoje é uma realidade, pois o governador já enviou a esta Casa. Então, há sim o registro do Poder Legislativo paraibano nesta luta”, declarou Bosco.

A sessão especial contou ainda com a audiência do presidente do Sindicato dos Policiais Penais do Estado da Paraíba (SINDPPPB), Flávio Albuquerque; do advogado do SINDPPPB, Bruno Brilhante, além de agentes penitenciários e demais representantes da categoria que prestigiaram a sessão através da transmissão feita pelo canal da TV Assembleia no Youtube.

PROPOSTA DE EMENDA CONSTITUCIONAL

No último dia 21, a Assembleia instalou a Comissão Especial que irá analisar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 35/2021, que cria a Polícia Penal do Estado. De acordo com o texto da Proposta, a Polícia Penal da Paraíba estará vinculada ao órgão administrador da administração penitenciária do Estado e, assim com as Polícias Civil e Militar e o Corpo de Bombeiros, a Polícia Penal terá estatuto próprio estabelecendo organização, garantias, direitos e deveres.

A comissão é composta pelos deputados Wilson Filho, como presidente; Wallber Virgolino, na vice-presidência; Ricardo Barbosa, como relator; Cabo Gilberto, Doutor Taciano Diniz e Eduardo Carneiro. Os suplentes serão os deputados Anderson, Anísio Maia, Hervázio Bezerra, Edmilson Soares, Lindolfo Pires, Raniery Paulino e Moacir Rodrigues.

Membros do MPF, MPT e MP/PB realizarão nesta quinta-feira (23) uma fiscalização em locais de vacinação na Grande João Pessoa, Campina Grande e Monteiro. O objetivo principal é verificar a organização do processo, a data de validade dos imunizantes, bem como ouvir os cidadãos acerca de eventuais dificuldades e se está havendo busca ativa.

A procuradora da República, Janaína Andrade, explicou que o trabalho busca entender a dinâmica do processo de vacinação e como funciona a busca ativa a quem não recebeu ainda a vacina.

Durante a fiscalização será apurado junto à população se houve dificuldade para conseguir a vacinação, se o horário disponibilizado é compatível com seu horário trabalho e se os pontos de vacinação são de fácil acesso.

Ela lembrou que a Paraíba possui atualmente cerca de 500 mil pessoas que ainda não completaram o esquema vacinal. A procuradora pediu que lideranças religiosas, empregadores, gestores e pessoas que exercem algum tipo de influência incentivem a vacinação contra a Covid-19. “No Brasil a vacina é obrigatória, embora não seja forçada fisicamente”, frisou.

Janaína Andrada ainda convocou pais e responsáveis a levarem os adolescentes para vacinação e em caso de dúvidas consultar o pediatra ou um médico de confiança.

A promotora da Saúde de João Pessoa, Geonava Tabosa, destacou que o objetivo da fiscalização é manter o diálogo com a população. “É muito importante que haja uma inspeção in loco para ver a logística da vacinação na cidade. Hoje, elegemos quatros postos de grande fluxo e que é importante essa comunicação com a população para perguntar se o agendamento foi feito de forma imediata, se encontrou dificuldade na localização dos postos”.

Dois trabalhadores morreram após uma banqueta de caulim desabar na manhã desta quinta-feira (23), na comunidade do Olho D’água, zona rural de Salgadinho, interior da Paraíba.

De acordo com informações preliminares, os dois homens trabalhavam em uma mineradora de extração de caulim quando a banqueta de caulim desabou sobre as vítimas que morreram no local.

A extração de caulim em Salgadinho é bastante conhecida pela sua grande exportação, e em 2019, doze pessoas foram resgatadas em condições análogas às de trabalho escravo. O resgate aconteceu após uma operação de fiscalização da Gerência Regional do Trabalho em Campina Grande e da Polícia Rodoviária Federal.

O caulim é um mineral branco usado na fabricação de papel, na indústria de borracha, plásticos, pesticidas, rações, produtos farmacêuticos, cosméticos, entre outros.

Após uma adesão em massa de advogados de diversas gerações de Santa Rita, o procurador Geral do Município, Adair Coutinho, anunciou apoio à pré-candidatura do advogado e professor Harrison Targino a presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), nas eleições do próximo mês de novembro.

Adair ressaltou a participação histórica da advocacia da cidade nas campanhas da Ordem e que não poderia se furtar em participar deste momento, destacando as qualidades de Harrison.

“Doutor Harrison Targino não foi meu professor na graduação, mas todas referências que tenho sobre ele são de grandeza, competência e compromisso com a defesa intransigente da advocacia. É preciso de alguém com esse perfil para atuar na diminuição das custas judiciais e para trazer a Santa Rita uma sede da OAB”, discursou.

Harrison agradeceu o apoio e se comprometeu em trazer Santa Rita para centro do debate da OAB. Ele também convidou a advocacia santarritense a colaborarem com a formulação do programa de metas para o próximo triênio.

Mais Lidas do dia